18

jan

Repórter: Wânia Dias   |   Postado por: Wânia Dias às 12:03 hrs

Jornada socializa pesquisas desenvolvidas por estudantes da UNEB

A nona edição da Joinpe abordou o tema A interdisciplinaridade entre as diferentes graduações da área de Humanas

Socializar pesquisas e promover o diálogo entre estudantes e pesquisadores com interesse comum nos diversos segmentos da área das Ciências Humanas.

Esse foi o objetivo da IX Jornada de Incentivo à Pesquisa e Extensão (Joinpe), realizada, na última terça-feira (1º), no Campus I da UNEB, em Salvador.

O professor Antonio Mateus Carvalho (UFSB) ministrou a conferência de abertura

A iniciativa, promovida pelo Departamento de Ciências Humanas (DCH) do campus, por meio do Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupe), destacou o tema A interdisciplinaridade entre as diferentes graduações da área de Humanas.

O evento contou com a conferência A inter-relação entre os cursos da área de Ciências Humanas, ministrada pelo professor Antonio Mateus Carvalho, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

“Falar de universidade e ciência nada mais é do que falar da condição humana e dos desafios do homem em tempos de caos. A universidade tem o papel de atender as demandas sociais, a partir da premissa da transformação da realidade através da sistematização do conhecimento e das ideias. Isso pode ser feito sem tanta burocracia”, destacou o docente.

Também participaram da jornada a vice-reitora da universidade, professora Carla Liane, e o diretor do DCH do Campus I, professor Flávio Correia, que na ocasião declamou o poema Tempo de Criança, de sua autoria..

“Discutir as Ciências Humanas é também discutir as transformações contemporânea da sociedade. Os campos de conhecimento precisam estar em movimento, no sentindo do avanço social e dos saberes”, ressaltou a vice-reitora.

Carolina Antunes: a Joinpe contribui para a maturidade acadêmica e curricular dos discentes

Para a coordenadora do evento, Dilcélia Sampaio, a Joinpe tornou-se um importante espaço de diálogo e socialização das pesquisas.

“A Jornada reúne estudantes de diversas áreas do conhecimento, o que oportuniza um ambiente de interação e troca de experiências muito rico”, frisou a coordenadora.

Essa edição da jornada contou com 60 trabalhos inscritos, de estudantes dos cursos de graduação, dos quais 26 foram selecionados para apresentação.

Dentre essas pesquisas, está a da estudante do curso de Letras, Carolina Antunes, que apresentou o tema O livro Didático como (De) formador de Leitores: Uma análise da presença de textos em prosa nos manuais didáticos de Ensino Médio.

“Nós estudantes temos poucas oportunidades de apresentar nossas pesquisas. A Joinpe proporciona esse momento, contribuindo com a maturidade acadêmica e curricular dos discentes”, disse Carolina.

A programação do evento, apoiado pela Editora da universidade (EdUNEB), reservou ainda sessões de comunicações e atividade cultural.

Confira mais fotos deste evento em nosso Flickr.

Deixe uma resposta

Captcha base64