Grupos de Pesquisa – DCH

DCH-I - Campus Salvador

Nome do Grupo:
Grupo de estudos africanos e afrobrasileiros em Línguas e Culturas - GEAALC
Coordenação:
Yeda Antonita Pessoa de Castro / César Costa Vitorino
Descrição:
Linhas de Pesquisa:
Culturas negro-africanas no Brasil / Línguas da família Niger-Congo
Projetos:

Nome do Grupo:
Grupo de estudos interdisciplinares em língua, linguagem e cultura - GELLC
Coordenação:
Rosa Helena Blanco Machado / Ligia Pellon de Lima Bulhões
Descrição:
O Grupo de Estudos Interdisciplinares em Língua, Linguagem e Cultura é formado por docentes e pesquisadores em Língua Portuguesa, Lingüística e Cultura, vinculados ao Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia/ UNEB, Campus I.
Linhas de Pesquisa:
Língua(gem), discurso, mídia e outros textos / .Oralidade, escrita, contexto e identidade: práticas e representações dos diferentes sujeitos na vida cotidiana
Projetos:

Nome do Grupo:
Fala e Contexto no Português Brasileiro
Coordenação:
Norma da Silva Lopes
Descrição:
O trabalho do grupo de pesquisa Fala e Contexto no Português Brasileiro tem contribuído para uma visão mais clara da relação entre as características da fala baiana, seus aspectos sociais e históricos que marcaram e ajudaram a definir a especificidade do português brasileiro. Vários trabalhos produzidos pelos pesquisadores já têm sido apresentados em congressos nacionais e internacionais, teses produzidas e textos publicados.
Linhas de Pesquisa:
Linguagens, Discurso e Sociedade / Variação e ensino/aprendizagem do português língua materna e línguas estrangeiras / Variação e Mudança / Vertentes do português brasileiro
Projetos:

Nome do Grupo:
Acompanhamento e Avaliação de Políticas Públicas
Coordenação:
Regina Celi Machado Pires / Ana Maria Ferreira Menezes
Descrição:
O objetivo principal deste grupo de pesquisa é realizar estudos focalizando as diretrizes, planos e programas dos diversos setores das políticas públicas implantadas no contexto do Estado da Bahia, buscando analisar as demandas, prioridades e repercussões, a rede de interação entre atores, assim como, as próprias metodologias de avaliação, com destaque para o papel da educação superior, as questões de política urbana e das finanças municipais. Os estudos são desenvolvidos por docentes pesquisadores do Departamento de Ciências Humanas, do Campus de Salvador da UNEB, atuando em cursos das Ciências Sociais Aplicadas. Espera-se, de um lado, fortalecer as atividades de pesquisa interdisciplinar, no âmbito desta Instituição e, de outro, a partir dos vários estudos realizados, construir as bases conceituais e metodológicas para futuras pesquisas. Numa perspectiva ampla, os resultados esperados vinculam-se à necessidade de contribuir para o entendimento dos avanços e limitações das políticas e programas avaliados em um contexto territorial específico.
Linhas de Pesquisa:
Descentralização / Educação Superior / Finanças municipais / Gestão de serviços / Instrumentos de gestão urbana / Politicas Publicas e Desenvolvimento Regional / Política urbana / Redes e agentes sociais
Projetos:

Nome do Grupo:
Edição e Estudos de Letras
Coordenação:
Maria da Conceição Reis Teixeira / Gilberto Nazareno Telles Sobral
Descrição:
Linhas de Pesquisa:
Análise de discurso / Edição de textos / Identidade e Alteridade na Literatura de Língua Portuguesa / Linguística Histórica
Projetos:

Nome do Grupo:
Gestão de Organizações: como otimizar recursos e potencializar resultados
Coordenação:
Luiz Carlos dos Santos / Lídia Boaventura Pimenta
Descrição:
O mundo das organizações é o lócus do grupo de pesquisa. Este se encontra estruturado em 3 linhas de investigação: 1)Políticas e Gestão Púbicas; 2) Gestão de Organizações Públicas, Privadas e do Terceiro Setor; 3) Gestão, Difusão e Produção de Tecnologias Sociais do Conhecimento. Diretrizes: produzir e publicar textos técnicocientíficos fundamentados nas teorias, leis, postulados, princípios e convenções, relacionados com as organizações - públicas, privadas e do 3º Setor enquanto referenciais de possíveis intervenções nas instituições; propor alternativas curriculares nos níveis de pós-graduação - aperfeiçoamento, especialização e master bussines administration (MBA), mestrado profissional, graduação, tecnólogo, sequencial e de extensão, voltadas às políticas públicas, gestão, difusão e produção de tecnologias sociais do conhecimento, com a finalidade de propiciar avanços qualitativos nas organizações; desenvolver estudos com o fulcro de estreitar relações entre as organizações baianas e o comércio exterior. Objetivos do grupo: 1) evidenciar a importância do desenvolvimento e da competitividade das organizações nos três setores - otimizando seus recursos e maximizando os seus resultados; 2) formular políticas de natureza pública, atinentes aos paradigmas da contemporaneidade; 3) criar construtos epistemológicos e práticos de gestão e tecnologias sociais do conhecimento; 4) realizar pesquisas em empresas com o fito de potencializar os resultados das organizações, identificar e solucionar gargalos, tornando as corporações mais competitivas, portanto, mais eficientes, eficazes e efetivas; 5) desenvolver investigações, a partir da reflexão crítica, a fim de subsidiar à formulação e reformulação de produtos e processos, resultantes de confrontação entre teorias e práticas atuais, rumo à melhoria dos produtos e serviços das corporações, em consonância com o mundo do trabalho em constante transformação e aos anseios dos cidadãos: os usuários.
Linhas de Pesquisa:
Gestão de Organizações Públicas, Privadas e do Terceiro Setor / Gestão, Difusão e Produção de Tecnologias Sociais do Conhecimento / Políticas e Gestão Públicas
Projetos:

Nome do Grupo:
Grupo Multidisciplinar de Estudo e Pesquisa: Sociedade, Espaço, Educação e Turismo  - SEETU
Coordenação:
Francisca de Paula Santos da Silva / Natalia Silva Coimbra de Sá
Descrição:
O Grupo Multidisciplinar de Estudo e Pesquisa: Sociedade, Espaço, Educação e Turismo é formado por docentes e pesquisadores das diversas áreas do conhecimento dos Departamentos de Ciências Humanas, Educação e Urbanismo, e da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares, da UNEB, Campus I, que atuam em cursos de graduação, pós-graduação lato e stricto sensu e que participam de projetos de pesquisa e extensão nesta instituição. Tem como objetivo geral produzir conhecimentos, produtos, processos, metodologias e serviços integrados através da construção de um espaço para estudar, pesquisar, debater, orientar, ensinar e fazer publicações sobre os diversos aspectos que estejam relacionados a temas concernentes ao Estado da Bahia no que tange aos aspectos socioeconômicos, educacionais, culturais, ambientais, de estrutura e organização do espaço territorial, do turismo e turismo de base comunitária. Seus objetivos específicos são: a] realizar pesquisa e extensão sobre questões relacionadas à sociedade, espaço, educação e turismo; b] refletir teoricamente a partir de diagnósticos sobre os diversos fenômenos da realidade social, econômica, ambiental e cultural da Bahia; c] formar e qualificar pessoas e profissionais, através de orientações aos discentes para atuar nas áreas de planejamento, gestão, pesquisa e docência em turismo hospitalidade, e cooperativismo. d] viabilizar o aprofundamento do conhecimento sobre lazer e turismo, de modo a permitir o alcance de habilidades científica, técnicoprofissional e didático-pedagógica. e] identificar setores de participação no desenvolvimento integrado e sustentável do turismo, a partir da análise de métodos, processos e procedimentos gerenciais da administração pública e privada, comparando sua eficiência, eficácia e efetividade, pesquisando novas formas de gestão compartilhada; f] incentivar a análise do turismo como fenômeno, com repercussões econômicas, sociais, culturais, políticas, tecnológicas e ambientais.
Linhas de Pesquisa:
Educação, Ensino e Pesquisa em Turismo / História, Memória, Patrimônio e Representações Culturais / Lazer, Cultura e Representações Sociais / Meio Ambiente, Ecologia, Ecoturismo e Turismo Sustentável / Políticas Públicas, Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Local e Regional / Tecnologias de Inovação Sócio Digitais em Educação e Turismo / Turismo de Base Comunitária, Sustentabilidade, Tecnologias Sociais e Economia Solidária
Projetos:

Nome do Grupo:
Educação do Campo e Contemporaneidade
Coordenação:
Antonio Dias Nascimento / Edite Maria da Silva de Faria
Descrição:
As atividades do grupo de pesquisa voltam-se para o estudo da relação entre a educação do campo e contemporaneidade, sendo esta entendida como o conjunto de processos de construção de novas formas de ser e estar no mundo, marcadas pela solidariedade, convivência com a alteridade, contemplando as singularidades da vida no campo e em outros contextos, bem como seu confronto com a artificialização da vida na alta modernidade. Desse modo, assumem importância fundamental os estudos sobre os sujeitos da educação do campo e os movimentos sociais que lhe dão causa, assim como, o estudo dos processos de transmissão social das estratégias de sobrevivência engendradas pelos camponeses que migram para as periferias urbanas premidos pelo processo de modernização agrícola.
Linhas de Pesquisa:
Educação do Campo, Agricultura Familiar e Desenvolvimento Local Sustentável / Educação e Movimentos Sociais do Campo / Educação, Memória, Diversidade Cultural e Identidade dos Povos do Campo
Projetos:

Nome do Grupo:
Territórios, Hegemonias, Periferias e Ausências
Coordenação:
Celso Antonio Favero / Stella Rodrigues dos Santos
Descrição:

O Grupo Territórios, Hegemonias, Periferias e Ausências é um espaço para o desenvolvimento de estudos sobre a produção do social (territórios e modos de produzir a vida) e sobre as ações de atores situados nas fronteiras dos sistemas sociais (situações de periferia e/ou de ausência). O objetivo dos estudos é aguçar o olhar para o entendimento das dinâmicas atuais na produção do social em situações de fronteiras e, principalmente, para potencializar o desenvolvimento de estratégias para o enfrentamento das múltiplas iniquidades vinculadas às estruturas e às dinâmicas desses sistemas; as pesquisas realizadas nas "fronteiras" do social, pautadas por uma pedagogia investigativa, têm o propósito, também, de viabilizar a criação de canais e fóruns de debates com esses habitantes sobre as suas práxis. O projeto do grupo cruza, nesse sentido, o estudo e a investigação com a prática sócio-político-pedagógica e a crença de que a emancipação social é possível. Rompe-se, nessa perspectiva, com a perspectiva de fixar no institucional o objeto de estudo; rompe-se, também, com a concepção de que o institucional é a forma mais importante de condensação do social. O projeto apreende, para além do institucional, as estruturas e a dinâmica de atores reais.

Linhas de Pesquisa:
Tecnologias Sociais, Reterritorialização e Periferia / Territórios e Políticas Públicas - inclusões e exclusões
Projetos: