10

mar

Repórter: Gilson Dultra   |   Postado por: Gilson Dultra às 13:32 hrs

UNEB participa do programa Mais Futuro, que concede estágio e bolsa a estudantes

A UNEB está participando do programa Mais Futuro, iniciativa que objetiva promover a permanência e melhora do desempenho dos estudantes das universidades estaduais baianas.

O programa foi anunciado nessa segunda-feira (6) pelo governador Rui Costa, sendo o edital publicado já no dia seguinte.

“O Mais Futuro é um programa de assistência estudantil para garantir a permanência do estudantes nas universidades, com o apoio do governo do estado”, afirmou o governador.

Os discentes interessados devem se inscrever até o dia 31 deste mês, no endereço maisfuturo.educacao.ba.gov.br.

O reitor da UNEB, José Bites de Carvalho, considera relevante a participação da instituição nessa parceria com as demais universidades estaduais e o governo, visando apoiar os estudantes em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica.

“Esse programa vem somar esforços com a política de assistência e permanência estudantil que a gestão universitária vem fortalecendo e consolidando nos últimos anos”, disse o reitor.

Além da UNEB, integram a parceria as universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Segundo o secretário estadual da Educação (SEC), Walter Pinheiro, “a iniciativa beneficia aqueles estudantes que mais precisam de políticas públicas para garantir sua permanência na universidade, o acesso ao estágio e a conclusão do ensino superior”.

O Mais Futuro tem como meta beneficiar nove mil estudantes universitários com esse perfil, os quais terão acesso a auxílio financeiro para dar continuidade aos estudos e evitar o abandono do curso superior. O investimento, até o final de 2018, está estimado em cerca de R$ 50 milhões.

De acordo com o edital, os discentes contemplados receberão auxílio mensal de R$ 300 (para universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem) ou de R$ 600 (para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados).

Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação o discente terá a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias da administração estadual.

Os estudantes que já estão na fase final do curso e atendem os critérios do edital também podem ingressar no programa já na fase de estágio.

A estudante indígena Cláudia Ivanilda Santos, que cursa o terceiro semestre de Medicina, no campus da UNEB na capital, já se inscreveu no Mais Futuro.

“Sou do interior de Pernambuco, tenho que pegar no mínimo quatro transportes para vir para Salvador, por isso preciso morar aqui. O meu curso é de tempo integral, passo o dia inteiro da universidade. Além de ter de lidar com as várias matérias e exigências de um curso com o de Medicina, eu preciso me preocupar constantemente com minha situação social e econômica – o que se constitui numa grande barreira para meu aprendizado. Porque, se você está com fome, você não consegue se concentrar nos estudos. Eu vejo no Mais Futuro uma esperança de me sentir mais amparada, mais confortável, para poder continuar e concluir meu curso”, contou a discente.

Informações: SEC – tel. 0800-071-8956; UNEB – tel. (71) 3117-2418.

Inscreva-se aqui no Mais Futuro

Acesse aqui edital do programa e outros documentos 

*Com informações da Secom/Governo do Estado

Deixe uma resposta

Captcha base64