11

jan

Repórter: Danilo Oliveira   |   Postado por: Danilo Oliveira às 19:38 hrs

Reitoria da UNEB promove primeiro encontro para planejamento das ações de gestão

Pró-Reitores, secretários especiais e assessores da UNEB se reuniram na última segunda-feira (10), sob a coordenação da reitora e da vice-reitora da instituição, professoras Adriana Marmori e Dayse Lago, para o primeiro encontro da nova Equipe Central de Gestão Universitária.

O evento foi promovido em Salvador, e teve como objetivos a apresentação dos setores e o planejamento conjunto e participativo das ações de gestão.

“Avalio que este primeiro momento foi extremamente produtivo. Localizamos as interseções importantes entre os setores, integramos a nossa equipe de gestão e reiteramos os princípios que norteiam o novo programa acadêmico e administrativo. Vamos seguir assumindo as responsabilidades desses lugares de gestores e gestoras, apontando mudanças e dando respostas à comunidade acadêmica e externa”, destacou professora Adriana.

A reitora salientou que, no âmbito administrativo, já tem sido possível planejar maior controle, acompanhamento e a reorganização dos fluxos, para maior agilidade dos processos da universidade.

Na dimensão acadêmica, maior destaque para as interseções entre o ensino, a pesquisa e a extensão, visando o fortalecimento da tranversalização entre esses eixos pelas ações educativas e para a efetivação das propostas para a assistência estudantil.

O acolhimento integral e o cuidado com a comunidade também foram pautas nas discussões sobre gestão de pessoas, além da necessidade de maior agilidade nas repostas para os processos, garantindo o cumprimento de direitos.

Vice-reitora da UNEB, Dayse Lago ressaltou que a inclusão, a democracia e a autonomia universitária são os princípios fundantes que já estão a conduzir as iniciativas da novas gestão universitária.

“Acredito que isso já tem se evidenciado e, assim, podemos participativamente nortear as ações e a política da universidade para o atendimento dos anseios da nossa comunidade”, salientou a gestora.

Professora Dayse reforçou ainda que os diálogos fundamentaram-se no que foi discutido e refletido no projeto de gestão apresentado e chancelado pela comunidade, durante a campanha eleitoral, e que os encaminhamentos vão convergir para o programa de gestão institucional.

Planejamento e participação

A programação do encontro foi aberta pela reitora e pela vice-reitora, e seguiu para um momento de relaxamento e concentração, conduzido pelo professor Paulo Emílio de Barros, que convidou os gestores, em concerto, para o trabalho coletivo em um exercício de coral.

A apresentação de projetos e as convocações para reuniões e atividades conjuntas deram o tom das ações que se sucederam nos períodos da manhã e da tarde.

Neste primeiro momento,  as Pró-Reitorias de Planejamento (Proplan), Adminstração (Proad), Infraestrutura (Proinfra), Gestão e Desenvolvimento de Pessoas (PGDP), Ensino de Graduação (Prograd), Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação (PPG), Extensão (Proex) e de Assistência Estudantil (Praes) fizeram suas exposições.

“O processo de gestão envolve a administração, que é o planejar, o organizar, o dirigir e o controlar. Então, a primeira ação de um gestor é organizar as suas ações para que a universidade possa atingir os seus objetivos, previstos no seu estatuto, no regimento geral, para exercer, de fato, a sua função social para com a sociedade baiana, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão”, explicou a pró-reitora de Planejamento, Lídia Boaventura Pimenta.

Segundo a gestora, a universidade segue a fortalecer a cultura do planejamento, e a gestão conclama toda a comunidade universitária para participar dessas ações, que precisam ser democráticas e contar com colaborações dos diversos segmentos institucionais.

Pautas como diagnóstico dos setores, instrumentos de planejamento e administração, orçamento, financiamento, execução financeira, censo universitário, atenção à saúde da comunidade universitária, valorização do servidor, concursos públicos, processos seletivos, cooperação docente, calendário letivo, modalidades de oferta, programas de auxílio à Pós-Graduação, curricularização da extensão e ações de divulgação acadêmica foram tratadas durante os diálogos.

Pró-Reitor de Administração da UNEB, João Rocha frisou que o trabalho já teve início no primeiro dia útil do ano e que, com ações de integração como essa, a gestão universitária avança para o fortalecimento de processos e para ações participativas, colaborativas e que promovam a descentralização e a efetiva defesa da autonomia universitária.

O encontro contará com segundo momento, a ser realizado na próxima quarta-feira (12), também na capital, com a proposta de concluir as apresentações de Pró-Reitorias, Secretarias Especiais e Assessorias e dar encaminhamento para as próximas ações, que levarão à consolidação do Programa de Gestão e do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).