06

jan

Repórter: Danilo Oliveira/Ascom   |   Postado por: Danilo Oliveira às 13:28 hrs

Professoras Adriana Marmori e Dayse Lago são empossadas reitora e vice-reitora da UNEB

Cerimônia foi prestigiada por membros da nova Equipe Central de Gestão Universitária (ECGU). Fotos: Cindi Rios/Ascom

Pela primeira vez, em seus 38 anos de institucionalização, a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) tem mulheres eleitas pela comunidade acadêmica e empossadas, simultaneamente, para os cargos da Reitoria e da Vice-Reitoria.

Ex-estudantes da UNEB, as professoras foram empossadas para gestão entre 2022-2025

Em evento reservado, na Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA), em Salvador, foi realizado ontem (5) o Ato Solene de Posse das professoras Adriana dos Santos Marmori Lima (reitora) e Dayse Lago de Miranda (vice-reitora), para a gestão no quadriênio 2022-2025.

Presidida pelo secretário Jerônimo Rodrigues (SEC-BA), a cerimônia foi transmitida ao vivo pelo canal da TV UNEB, no YouTube (assista ao registro), e prestigiada por membros da nova Equipe Central de Gestão Universitária (ECGU), parlamentares e lideranças políticas.

Ao registrar a sua felicidade pela celebração democrática, simbolizada pelo ato solene, a professora Adriana Marmori ressaltou que o sentimento não deveria transbordar em grandes comemorações, sobretudo, pela situação de calamidade pública na Bahia, em razão das fortes chuvas no estado, e pelas crises de saúde pública, política e institucional do país.

“Em nome da UNEB, hoje posso falar por ela, nos solidarizamos com as famílias que sofrem. A universidade vem movendo fios e mais fios de esperança, vem construindo enfrentamentos e acreditando que, uma vez entrelaçados, poderão construir uma grande teia para a sustentação e a reconstrução da cidadania e da democracia do Brasil”, destacou a reitora eleita.

Lideranças parlamentares e políticas também participaram do ato solene de posse

A gestora ainda reafirmou o compromisso de campanha de “cuidar da UNEB e das pessoas que dela participam,” dando à instituição caráter humanista e participativo, para uma gestão descentralizada, democrática, transparente, com probidade na execução financeira e prestação de contas à comunidade acadêmica e aos órgãos reguladores.

Vice-reitora eleita da UNEB, professora Dayse Lago ressaltou que um dos desafios mais complexos postos é o de criar condições para que seja implementada a descentralização da própria gestão.

“É uma questão complexa, não resta dúvida. Mas se queremos consolidar uma universidade verdadeiramente democrática e transparente, devemos enfrentá-la com o apoio imprescindível de nossa comunidade acadêmica”, defendeu a gestora.

Para professora Dayse, outra prioridade é a continuidade e o fortalecimento das frentes de apoio socioemocional, para acolhimento de discentes, docentes e servidores técnico-administrativos. “Na condição de vice-reitora, me comprometo com a comunidade baiana de ser uma porta-voz incansável na defesa por uma universidade que possa desenvolver as suas atividades de forma plena e possa cumprir com o seu papel no processo para a transformação da sociedade”, finalizou.

Reconhecimento e parceria

O secretário Jerônimo Rodrigues parabenizou a reitora e a vice-reitora eleitas

Ao parabenizar as novas gestoras e a equipe de gestão, o secretário Jerônimo Rodrigues (SEC-BA) estendeu os seus agradecimentos à comunidade acadêmica da universidade, pelo protagonismo no processo democrático vivenciado pela instituição nas últimas eleições, integralmente realizadas por mediação tecnológica.

“Quero parabenizá-las, e agradecer pelo compromisso firmado na última reunião que tivemos, de retornar para a gente poder dialogar. Queremos muito que o programa que vocês apresentaram possa ser fortalecido dentro da nossa parceria. Na condição de membros de um estado que defende a universidade pública, vamos ajudar a fortalecê-la ainda mais”, destacou o secretário.

O professor José Bites de Carvalho, reitor da UNEB entre os anos de 2014 e 2021, também celebrou a possibilidade de ampla discussão dos projetos para a universidade, durante o período eleitoral, e avaliou que o melhor foi escolhido.

José Bites: projetos para a universidade foram discutidos e o melhor foi escolhido

“O projeto de vocês demonstrou que pode, de forma competente, com compromisso, superar as diversas dificuldades que estamos enfrentando. Esse é o projeto de duas professoras do interior da Bahia, que têm toda a sua vida articulada com a UNEB”, afirmou o ex-gestor.

Professor Bites reforçou que a representatividade das trajetórias das gestoras eleitas realça essa política institucional e sinaliza para um cenário em que a universidade continuará sendo inclusiva e estará em todos os cantos da Bahia, criando oportunidades para todos.

Presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), o professor Paulo Gabriel Nacif parafraseou o intelectual Aimé Césaire para registrar que a cerimônia de posse, de “uma universidade tão importante como a UNEB, é uma forma de afrontar a morte, mostrarmos que estamos vivos, que temos projeto para este país e que vamos seguir em frente”.

A UNEB conta com 24 campi e dois avançados, na capital e no interior do estado. A sua comunidade conta com cerca de 30 mil trabalhadores e estudantes, oferta 152 cursos de graduação presencial e a distância (EaD), e 26 programas de mestrado e doutorado.

Jusmari Oliveira: “viva Adriana, viva Barreiras, a nossa terra, viva o Oeste da Bahia.”

Mulheres no poder!

Por decisão institucional da SEC-BA e da UNEB, mulheres líderes políticas protagonizaram o ato solene de posse e foram convidadas ao púlpito para discursarem.

Conterrânea da professora Adriana Marmori, a deputada estadual Jusmari Oliveira demonstrou felicidade por prestigiar uma barreirense ascender ao cargo máximo da universidade “que me formou e formou ela, e tantas baianas e baianos, mudou a situação do oeste da Bahia”.

A deputada Alice Portugal celebrou a posse e creditou confiança na nova gestão

A parlamentar ainda rendeu homenagens, em memória, ao senhor João Delsuc Marmori, pai da reitora eleita, e à população da sua região: “viva Adriana, viva Barreiras, a nossa terra, viva o Oeste da Bahia, que a cada dia conquista mais um pedacinho de toda a Bahia, e mostra a capacidade, a qualidade e a coragem das mulheres que nascem do outro lado do Rio São Francisco”.

As trajetórias de sucesso da reitora e da vice-reitora eleitas, que são egressas da graduação e da pós-graduação da UNEB, docentes e gestoras, foi celebrada pela deputada federal Alice Portugal, que também creditou confiança à capacidade de ambas para a garantia da autonomia e do fortalecimento da universidade.

Marta Rodrigues: “orgulho da chapa que elas formaram e do trabalho que já vêm fazendo”

Secretária estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Fabya Reis mostrou-se honrada pelo convite e comemorou o sucesso da “chapa feminina e feminista, que agora toma posse na nossa Universidade do Estado da Bahia, que é um patrimônio do povo baiano”.

A gestora ressaltou que a inclusão, o respeito e a valorização da diversidade são marcas institucionais da UNEB, e que está confiante na presença plural nesta nova gestão, para a representação do povo baiano e o fortalecimento do diálogo e da tranquilidade para lidar com todas as adversidades que se apresentem.

Fabya Reis: a inclusão e a diversidade são marcas da UNEB, e continuarão sendo com esta gestão

Segundo a vereadora de Salvador, Marta Rodrigues, a UNEB está fazendo história. “Em uma reunião que fizemos, tive a oportunidade de dizer que tinha a certeza da eleição, do orgulho da chapa que elas formaram e do trabalho que iriam desenvolver, como já vêm fazendo. Desejo um profícua gestão, vida longa à UNEB, para as nossas magníficas e dizer também da nossa alegria de ver duas mulheres na gestão”, afirmou.

Reitora e Vice-Reitora

As professoras Adriana Marmori e Dayse Lago foram eleitas com 3.330 votos (39,4%) da comunidade acadêmica da UNEB, no dia 5 de outubro de 2020. Por decisão institucional, frente à pandemia, todo o processo eleitoral foi realizado por mediação tecnológica, com suporte de empresa e auditoria externas e devidamente licitadas.

Adriana dos Santos Marmori Lima é detentora do título de Cidadã Barreirense, conferido pela Câmara de Vereadores de Barreiras, pelos serviços prestados à educação pública baiana. Ela estava à frente da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UNEB e da Vice-Presidência do Fórum Nacional de Pró-reitores de Extensão (ForProex).

Possui graduação em Pedagogia (Barreiras), mestrado em Educação e Contemporaneidade (UNEB) e doutorado em Difusão do Conhecimento (UFBA/UNEB/IFBA/UEFS/LNCC/Senai Cimatec). Foi vice-reitora, diretora do Departamento de Ciências Humanas (DCH) do Campus IX da UNEB, em Barreiras, e chefe de gabinete da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA). É servidora pública docente vinculada à universidade e ao Colégio Estadual Governador Roberto Santos.

Dayse Lago de Miranda é graduada em Pedagogia (Juazeiro) e Letras (Jacobina) pela UNEB, é doutora e Mestre em Educação e Contemporaneidade, também pela instituição. Natural do município de Miguel Calmon, possui o título de Cidadã Ireceense, concedido pela Câmara Municipal, em razão de sua destacada atuação em prol da qualificação da educação da cidade.

Professora da universidade com passagens por Jacobina, Irecê e Salvador, estava assessora chefe da Reitoria. Já atuou como pró-reitora de Ensino de Graduação (Prograd), chefe de Gabinete, diretora do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) do Campus XVI da UNEB, em Irecê, gerente de Gestão de Currículos Acadêmicos e coordenadora do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid/UNEB) e do curso de graduação em Pedagogia.