02

dez

Autor: Toni Vasconcelos / Ascom   |   Postado por: Toni Vasconcelos às 15:25 hrs

Consu aprova documento referencial sobre retorno gradual das atividades presenciais na UNEB

Em trabalho remoto, conselheiros debateram intensamente a proposta original de texto, durante sessões em dois dias

Foi publicada hoje (2) no Diário Oficial do Estado resolução do Conselho Universitário (Consu) da UNEB que aprova o documento referencial relativo ao retorno gradual das atividades presenciais nas ações acadêmicas, de gestão de pessoas e dos procedimentos administrativos na universidade.

Elaborado por um grupo de trabalho constituído pela Reitoria, o documento foi intensamente discutido e alterado pelo Conselho, durante dois dias (25 e 29 passados) de reunião extraordinária, ao fim dos quais obteve a aprovação por unanimidade dos conselheiros.

As sessões foram realizadas remotamente, por meio do aplicativo Microsoft Teams e transmissão ao vivo pelo canal da TV UNEB no YouTube, com participação de cerca de 40 conselheiros.

Reconhecendo a permanência do estado de pandemia, mas levando em consideração demandas crescentes da comunidade por oferta de atividade presencial, o documento objetiva “estimular a adaptação gradual à presencialidade, sob a orientação e cumprimento das normas públicas explicitadas pelas autoridades sanitárias”.

Ao final da reunião, o reitor José Bites, presidente do Consu, parabenizou os conselheiros pela “construção coletiva desse documento e pela maturidade que têm demonstrado ao longo destes quase dois anos de pandemia, sempre buscando os melhores caminhos para a nossa universidade”.

Etapas

O texto aprovado pelo Conselho Universitário visa dar continuidade aos procedimentos implementados em duas etapas pela Resolução Consu 1.423/2020, publicada em agosto do ano passado.

Nesta atual fase, a terceira, serão ampliadas as atividades administrativas realizadas de modo presencial, “definindo sistema de rodízio, com possibilidade de alternância entre o trabalho remoto e presencial, e com a aquiescência da chefia imediata”. As atividades acadêmicas do semestre letivo 2021.2 mantêm-se como foram programadas previamente.

Quanto ao próximo semestre letivo (2022.1), considerado a quarta etapa, estão previstas, em contexto excepcional, a manutenção de atividades acadêmicas com mediação tecnológica, na proporção de até 40% da oferta dos colegiados de curso de graduação e de pós-graduação e das ações extensionistas e de pesquisa. Em relação as atividades administrativas, mantêm-se as orientações da terceira fase.

Já na quinta etapa, prevista para o semestre letivo 2022.2, a atividade presencial deve ser adotada em sua integralidade na universidade, tanto para os cursos de graduação e de pós-graduação, ações de pesquisa e extensão como para atividades de gestão de pessoas e procedimentos administrativos, “caso a situação epidemiológica na Bahia em relação à Covid-19 apresente indicadores favoráveis”.

Orientações

O documento referencial oferece também algumas orientações para gestores e comunidade universitária em relação às áreas acadêmica e administrativa.

O texto orienta, por exemplo, que o acesso às estruturas da UNEB, incluindo campi, setores da administração central, residências estudantil e de docentes, entre outros, seja permitido apenas a pessoas com plena cobertura vacinal, de acordo com o cronograma das secretarias municipais de Saúde, comprovada mediante apresentação do cartão de vacinação. As pessoas que não possam se vacinar por recomendação médica devem apresentar o atestado médico contendo essa informação.

Em outro trecho, orienta-se que, “dada a experiência com o trabalho remoto e o relatório da comissão constituída para avaliar e propor encaminhamentos para o pleno desenvolvimento do semestre remoto no âmbito da UNEB”, promovam-se estudos de viabilidade para o desenvolvimento do trabalho técnico administrativo contínuo nesse formato na universidade.

O documento garante a autonomia dos colegiados de curso de graduação e de pós-graduação no planejamento acadêmico para a definição do que se mantém com mediação tecnológica e do que pode ser assumido presencialmente.

Os cursos de férias ofertados para janeiro de 2022 podem ser planejados, em sua totalidade, com mediação tecnológica, de acordo com decisão colegiada.

Documento referencial aprovado pelo Consu

Fotos (prints): Toni Vasconcelos/Ascom