22

out

Autor: UNEB   |   Postado por: Danilo Oliveira às 16:58 hrs

UNEB divulga nota de repúdio pelo atraso inadvertido nas bolsas dos Programas Pibid e PRP (Capes)

A UNEB se solidariza com todos os bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e do Programa de Residência Pedagógica (PRP) que não receberam as bolsas referentes ao mês de setembro de 2021, por parte da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), devido à necessidade de aprovação do Projeto de Lei N° 17/2021, para recomposição orçamentária.

Repudiamos esse trato com os bolsistas e os programas, uma vez que o PIBID e o Residência Pedagógica da UNEB têm mantido suas atividades, em aproximadamente 550 escolas de Educação Básica, nas Redes Estadual e Municipais de Educação desde novembro de 2020, de forma ininterrupta, mesmo com a pandemia da Covid-19!

Os Programas PIBID e RP na UNEB têm 1.738 bolsistas, entre eles 1.488 de estudantes das Licenciaturas (bolsistas ID,s e residentes), 186 professores da Educação Básica (supervisores e preceptores) e 64 professores do Ensino Superior (coordenadores de área/docentes orientadores e coordenadoras institucionais).

Importa dizer que esse atraso provoca a não circulação R$ 837.290,00 (oitocentos e dezoito mil e quinhentos reais) mensais na economia baiana, neste contexto já desafiador de insegurança econômica que o país atravessa.

Vale destacar ainda que os bolsistas não foram previamente informados pela Capes do adiamento do pagamento das bolsas do mês de setembro de 2021. O fato ainda se agrava por não existirem garantias de pagamento das bolsas de setembro e nem das demais bolsas previstas, a serem pagas em 2021 e 2022.

Diante do explanado, conclamamos pela aprovação do Projeto de Lei N° 17/2021 o mais brevemente possível, assim como a ampliação de recursos para o pagamento das bolsas subsequentes dos bolsistas dos Programas PIBID E RP pelos próximos meses, a fim de garantir condições mínimas para a sua continuidade.

Salvador, 22 de outubro de 2021.

Universidade do Estado da Bahia