12

out

Autor: PPG   |   Postado por: Wânia Dias às 15:32 hrs

Nota de Repúdio contra corte de R$600 milhões do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) vem a público manifestar-se contra a grave ameaça à ciência do Brasil pelo corte feito pelo Ministério da Economia de R$600 milhões em verbas que seriam destinadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) para 2022.

Essa ação se junta a muitas outras que desmontam as Universidades públicas no país, comprometendo os processos de desenvolvimento de pesquisas e a formação de estudantes em nível superior.

Com o grave argumento político de entender gastos em pesquisa como despesa, o atual Governo Federal, apoiado por um Congresso submisso, ameaça a existência do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) com o fim de 90% das verbas destinadas à ciência – projetos e bolsas de pesquisa -, deixando o país e a comunidade científica estupefatos com esse cenário.

Assim, a UNEB se soma as demais entidades científicas de pesquisa e desenvolvimento do país em Moção de Repúdio contra mais essa tentativa de desestruturação da produção do conhecimento, tão importante para sociedade e para o desenvolvimento nacional.

Pró-Reitoria de Pesquisa e ensino de Pós-Graduação (PPG)
Universidade do Estado da Bahia