15

mar

Repórter: Wânia Dias, Núcleo de Jornalismo/Ascom   |   Postado por: Wânia Dias às 13:40 hrs

Consu aprova criação de Centro de Assessoria e Pesquisa em Inovação Pedagógica

O Conselho Universitário (Consu) da UNEB aprovou a Criação Centro de Assessoria e Pesquisa em Inovação Pedagógica (CEAPIP).

A deliberação dos conselheiros aconteceu durante sessão realizada no último dia 10 de março, via webconferência, por meio do aplicativo Microsoft Teams, que contou com a presença de 45 conselheiros e foi coordenada pelo reitor José Bites e o vice-reitor Marcelo Ávila, presidente e vice-presidente do Conselho, respectivamente.

Para o reitor, a criação do centro irá desenvolver a prática pedagógica formativa dos docentes.

“É urgente olhar para a formação docente no campo da inovação pedagógica, sobretudo, neste contexto de trabalho remoto, que exigiu novas práticas, em novas plataformas, muitas vezes, sem o devido preparo. Educar tem sido ainda mais desafiador e precisamos investir em espaços formativos que abracem esse novo cenário educacional. O centro é importante justamente por prever, entre outras coisas, a congregação de experiências inovadoras e a promoção de diálogos e reflexões sobre essa temática”, apontou o reitor José Bites, presidente do conselho.

Na sessão foi comunicada a realização das eleições para reitoria e direção de departamento por mediação tecnológica.

A Unidade de Desenvolvimento Organizacional (UDO) da universidade fez um levantamento de experiências com sistemas que se adequam a um processo eleitoral complexo como o da UNEB, que tenham as condições de realizar um processo transparente e seguro.

A expectativa é que a UDO já apresente uma proposta de sistema nos próximos 15 dias, em uma reunião extraordinária do Consu.

Outras deliberações

Entre as demais pautas provadas estão: a criação e regulamentação do Programa de Pesquisa Aplicada, Tecnologias Sociais e Inovação; a Regulamentação de procedimentos para celebração de Acordos de Cooperação e Convênios Internacionais no âmbito da UNEB; e a proposta de Regulamentação para eleição de Coordenador de Colegiado de Pós-Graduação stricto sensu (PPGSS).

O Consu também deliberou pelo posicionamento da universidade por meio de moção de apoio à professora Érika Suruagy, da Universidade Federal Rural de Pernambuca (UFRPE), indiciada em inquérito criminal na Polícia Federal, aberto pelo Presidente da República como parte dos ataques à liberdade de expressão garantida constitucionalmente.

Os conselheiros também emitiram nota pública em defesa do SUS e da celeridade da vacinação contra Covid 19, se colocando à disposição, tanto na cessão de estrutura física de todas as suas unidades acadêmicas para sediar polos de vacinação, quanto no apoio de professores, técnicos e estudantes dos cursos de saúde e de outras áreas para auxiliar no planejamento, organização e execução das ações de combate ao vírus.