08

jul

Autor: Toni Vasconcelos / Ascom   |   Postado por: Toni Vasconcelos às 14:13 hrs

Conselho Universitário recebe documentos referenciais das comissões sobre ações no atual cenário de pandemia

Trabalhos apresentados aos conselheiros recomendam ações para áreas acadêmicas e administrativas da UNEB

Em reunião extraordinária, o Conselho Universitário (Consu) da UNEB recebeu os documentos referenciais com propostas de ações e procedimentos institucionais durante o atual cenário de pandemia da Covid-19.

Os documentos foram elaborados por duas comissões constituídas em maio pelo Conselho: uma com o objetivo de orientar a instituição sobre o desenvolvimento das atividades acadêmicas neste período excepcional (Resolução Consu 1.412/2020); e outra designada para recomendar ações voltadas à gestão de pessoas e procedimentos administrativos (Resolução Consu 1.413/2020).

A sessão, a quarta que o Consu realiza neste ano, todas por meio de webconferência, via aplicativo Microsoft Teams, aconteceu nessa quarta-feira (1º) com 62 participantes, entre conselheiros e membros das comissões.

Antes da apresentação dos trabalhos, as professoras Dayse Lago e Jeane Magnavita, coordenadoras da comissão de acompanhamento e orientação das condutas institucionais relativas à pandemia, criada pela Reitoria em março último, apresentaram relatório de atividades do grupo e uma nota técnica analisando a atual situação epidemiológica na Bahia e indicando recomendações para a tomada de decisões pela universidade.

Documentos priorizam a vida

De modo amplo, os dois documentos referenciais apresentados ao Conselho Universitário destacam o compromisso prioritário da UNEB, como instituição popular e inclusiva, com a vida e a saúde de todos os membros de sua comunidade acadêmica, sem exceção, além das populações e grupos sociais com os quais a universidade se relaciona.

Apresentado pela pró-reitora de Ações Afirmativas (Proaf), Amélia Maraux, integrante do grupo, o trabalho da comissão que tratou das atividades acadêmicas define, entre os seus princípios norteadores, o cuidado e preservação da vida dos membros da comunidade acadêmica e externa, e a isonomia de acesso à aprendizagem.

O grupo recomenda “o cumprimento dos protocolos de segurança a serem implementados nos campi e prédios administrativos da universidade e a regulamentação do trabalho remoto, em caráter temporário”, com reorientação das rotinas dos serviços e procedimentos internos, entre outras propostas.

Veja aqui documento referencial para ações acadêmicas

Coube à pró-reitora de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas (PGDP), Lilian Conceição, apresentar o documento da comissão para ações de gestão de pessoas e procedimentos administrativos.

Na avaliação do grupo, “é iminente a necessidade de discutir com responsabilidade e coerência a possibilidade do retorno gradual das atividades presenciais na UNEB”, observando que as decisões a serem adotadas “devem considerar a preservação de vidas, sem perder de vista a qualidade da prestação de serviços à comunidade”.

Veja aqui documento referencial para ações administrativas

Durante a leitura dos documentos referenciais, os conselheiros receberam a triste notícia da morte do estudante Jorge Mário Dias, do curso de Ciências Sociais, ofertado no Campus I da UNEB, em Salvador, vitimado pelo novo coronavírus. O Consu aprovou a publicação de moção de pesar pelo falecimento.

Agradecendo às comissões o consistente trabalho desenvolvido, o reitor José Bites, presidente do Conselho, informou que os documentos apresentados estão disponíveis para consulta e ampla discussão dos conselheiros e representações da comunidade acadêmica. Uma nova reunião do Consu será convocada para deliberação final sobre o tema.

“Estamos juntos no enfrentamento dessa pandemia. Juntos com a comunidade acadêmica, com a comunidade externa, com as demais universidades estaduais da Bahia, com as prefeituras e instituições parceiras”, destacou o reitor.

Fotos: prints da reunião, por Toni Vasconcelos/Ascom.