18

jun

Repórter: Leandro Pessoa, Núcleo de Jornalismo/Ascom   |   Postado por: Wânia Dias às 08:39 hrs

Projeto oferece acompanhamento de saúde para alunos da UATI durante pandemia

Com o objetivo de acompanhar e orientar os idosos sobre os cuidados para evitar o contágio com a COVID-19, a UNEB, através da Universidade Aberta da Terceira Idade (UATI), está desenvolvendo o projeto de extensão Acolhimento, Monitoramento, Autocuidado e Recomendações nutricionais e sanitárias (AMAR).

Idealizado pela professora Ana Cristina Mendes do curso de Nutrição e coordenado por outros seis docentes do Departamento de Ciências da Vida, do Campus I, em Salvador, o AMAR reúne estudantes, professores e servidores da unidade para realizar ações à distância de acompanhamento dos idosos cadastrados na UATI.

“Essa é uma forma de acompanhar diretamente os idosos na lida com as tensões desse momento de confinamento, oferecendo orientações seguras, conforme a Organização Mundial de Saúde, e também de identificar outras intervenções de saúde que eles possam necessitar”, explica a professora Lindanor Santana, coordenador do AMAR.

Metodologia – O projeto teve início com uma fase de escuta de 33 idosos convidados. Aqueles que acolheram o chamado responderam a um questionário em que compartilham informações de sua rotina alimentar, física e psicológica durante a pandemia.

A partir desse levantamento, a nutricionista Luciana dos Santos e estudantes da área de saúde irão identificar as principais demandas do grupo. Os idosos passarão, então, a ser acompanhados por videochamadas, nas quais serão oferecidas dicas de alimentação, higiene e de atividade física.

“A suspensão das atividades presenciais da UATI por conta da pandemia deixou uma lacuna grande em minha rotina, mas o projeto AMAR chegou para suprir essa ausência. É uma escuta fraterna que nos dá algum conforto para atravessar esse momento tão difícil”, declarou Sônia Maria Cordeiro, aluna da UATI e professora aposentada.

Na conclusão do projeto, quando a pandemia da COVID-19 estiver controlada e os encontros presenciais forem retomados, estão previstas também oficinas para a produção de material de higiene a partir de aproveitamentos de cascas de alimentos.

Mais informações: projetoamar@uneb.br.