17

mar

Repórter: Diosvaldo Filho/Nucom-Campus XXIII   |   Postado por: Danilo Oliveira às 09:05 hrs

Campus da UNEB em Seabra sedia I Feira Agroecológica da Chapada Diamantina

Estiveram em destaque mais de 30 produtores rurais da região da Chapada Diamantina

Música, cinema, arte, poesias, oficinas, tecnologia, toré dos povos indígenas, agricultura familiar, parcerias, amor e muita chuva foram alguns dos ingredientes necessários para o sucesso da I Feira Agroecológica da Chapada Diamantina.

As atividades foram realizadas nas instalações do Campus XXIII da UNEB, em Seabra, nos dias 10 e 11 de março, e tiveram a mulher como eixo estruturante da programação.

“Esse tema foi escolhido pelo próprio calendário, no dia 8 foi comemorado o Dia Internacional da Mulher. Um dos pontos que nos motivou à escolha do tema foi a própria história da Agroecologia, que é iniciada e construída por mulheres”, disse Gislene Moreira, professora da universidade e integrante da equipe de organização da feira.

Ainda de acordo com ela, é essencial valorizar as lembranças dos quintais das nossas avós e ancestrais, pois a agroecologia se inicia lá, principalmente, com a mulher do campo.

“A feira está sendo pensada há anos. E só conseguimos realiza-la graças a essa parceria com a UNEB, pois através dela conseguimos juntar pessoas, órgãos e entidades. Todos se somaram de forma significativa para que esse processo desse certo”, destacou Brígida Salgado, que também participou da comissão organizadora do evento.

Produtor e presidente da Associação Comunitária Fazenda Velha – Andaraí, Eugênio ressaltou que o processo para a consolidação da iniciativa se deu de forma democrática e após diversas reuniões com a comunidade.

“Eu tenho esperança de que essa feira continue por muitos anos. Meu sentimento neste momento é de felicidade, por ter esse sonho realizado e esperançoso para que nossa vida melhore um pouco”, disse Eugênio.

Após a conclusão dos trabalhos, os produtores e organizadores do evento se reuniram para discutir os resultados da feira e para deliberar sobre as datas das próximas edições, que estão previstas para os dia 7 e 8 de abril, 5 e 6 de maio, e 9 e 10 de junho.

Foram parceiros da feira o Banco do Nordeste, a Bahiater, as comunidades rurais, a Cesol, a Ceforc, a Codeter, a Prefeitura Municipal de Seabra, o Sebrae e o Polo Sindical e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Seabra.

Fotos: Diosvaldo Filho/Nucom-Campus XXIII