05

jun

Repórter: Toni Vasconcelos / Ascom   |   Postado por: Toni Vasconcelos às 13:28 hrs

Reitoria e Sintest UNEB dialogam sobre demandas internas dos técnicos administrativos

Reitor, vice-reitor e gestores da UNEB reuniram-se com coordenadores do sindicato para tratar de extensa pauta   

A Reitoria da UNEB e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau do Estado da Bahia (Sintest UNEB) retomaram as conversações sobre demandas dos técnicos administrativos da instituição.

Em reunião na tarde de ontem (4), que se prolongou por cerca de quatro horas, coordenadores do sindicato e gestores da administração central da universidade dialogaram a respeito de extensa pauta apresentada pela entidade representativa do corpo técnico.

Na avaliação do reitor José Bites de Carvalho, esse novo encontro com o Sintest reafirma a posição da Reitoria de manter sempre abertos os canais de diálogo democrático, transparente e propositivo com as representações dos segmentos da comunidade acadêmica.

“Todos os pontos da pauta que estão no âmbito das competências legais e institucionais da gestão universitária estão sendo atendidos ou encaminhados, em acordo com a coordenação do sindicato. Por exemplo, melhor distribuição de cargos comissionados nos departamentos; ampliação de vagas para os servidores técnicos em cursos de extensão e capacitação, educação a distância, idiomas, além da pós-graduação, especialmente os mestrados, cujas bolsas PAC devem ser priorizadas para esse segmento”, disse o reitor.

Conforme acordado, alguns itens da negociação devem ser encaminhados para apreciação do Conselho Universitário (Consu), instância à qual compete certas deliberações, a exemplo de alterações nos regimentos internos das pró-reitorias administrativas no sentido de que sejam coordenadas exclusivamente por técnicos administrativos, e de que essa categoria profissional possa assumir formalmente coordenações editoriais de revistas e a diretoria da Editora UNEB.

O reitor José Bites lembrou que a Estatuinte, cujo processo está em andamento na universidade, é uma singular oportunidade para que os servidores técnicos possam propor mudanças no novo estatuto da instituição, de modo que esse segmento profissional amplia sua participação nas instâncias deliberativas das administrações central e setorial, além do orçamento e planejamento participativo.

Na avaliação do coordenador geral do Sintest UNEB, Firmino Júlio de Oliveira, “a reunião demonstra a boa vontade da gestão universitária em dialogar e propor soluções para algumas demandas dos servidores técnicos, no âmbito de suas competências”.

“A coordenação do sindicato compreende que ainda não avançamos na negociação como gostaríamos, porém estabelecemos uma meta de discussões e realizações junto à gestão universitária que vai permitir aos servidores técnicos administrativos lograrem êxito nos seus pleitos”, afirmou o coordenador geral.

Para agilizar os encaminhamentos da pauta, estão sendo agendados novos encontros entre os sindicato e setores administrativos envolvidos nos itens negociados.

Participaram também da reunião o vice-reitor Marcelo Ávila, pró-reitores e assessores especiais da Reitoria, e outros coordenadores da gestão do Sintest.

Fotos: Ascom Sintest