10

mai

Repórter: Proaf, com informações da Ascom Sepromi   |   Postado por: Wânia Dias às 15:23 hrs

Gestores da UNEB e Sepromi discutem fortalecimento de ações afirmativas

A UNEB, por meio da Pró-Reitoria de Ações Afirmativas (PROAF) e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão (Proex), se reuniram com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI/BA), no último dia (9), na sede da secretaria.

O encontro teve como objetivo  dialogar sobre as estratégias de fortalecimento da prática acadêmica e de projetos voltados à diversidade étnico-racial, inclusão do povo negro e dos segmentos tradicionais, principalmente de estudantes atendidos pelas políticas de cotas. Durante a reunião também foi apresentada a realidade dos/as professoras indígenas em formação e a necessidade de apoio do Estado para a sua permanência.

“Fundamental o diálogo travado entre a Sepromi e UNEB na perspectiva da implementação das políticas de ações afirmativas na universidade, envolvendo ingresso e permanência de estudantes cotistas”, pontuou a pró-reitora (Proaf), Amélia Maraux.

Também participaram da reunião a pró-reitora Adriana Marmori (Proex); coordenadoras do Curso de Licenciatura Intercultural em Educação Escolar Indígena (LICEEI); além de dirigentes e representantes do Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americanos (CEPAIA); Centro de Pesquisas Opará e Centro de Estudos e Pesquisas Intercultural e da Temática Indígena (CEPITI).

Fotos: Ascom/Sepromi