24

jan

Autor: Núcleo de Jornalismo/Ascom   |   Postado por: Danilo Oliveira às 16:54 hrs

Pesquisadores solicitam adesão de técnicos-administrativos em estudo sobre condição de saúde

Pesquisadores do Departamento de Ciências da Vida (DCV) do Campus I da UNEB, em Salvador, vão realizar estudo para subsidiar a proposição de ações que visem a prevenção do adoecimento e a manutenção da saúde física e mental dos trabalhadores da universidade.

O trabalho, intitulado Condições de Saúde de Trabalhadores Técnico-Administrativos de uma Universidade Pública Estadual da Bahia (Estudo COSTTA), vai coletar dados, a partir de maio, de servidores de oito campi da instituição.

Servidores efetivos dos Campi I (Salvador), III (Juazeiro), IV (Caetité), IX (Barreiras), X (Teixeira de Freitas), XIII (Itaberaba), XX (Brumado) e XXII (Euclides da Cunha) serão convidados para compor uma amostragem proporcional por área geográfica, que será a população do estudo.

A iniciativa prevê a realização de entrevista, exame de sangue (Hemograma completo, Colesterol total e frações, triglicérides e glicemia de jejum) e coleta de dados clínicos e antropométricos (peso, altura, índice de massa corpórea (IMC), circunferência da cintura e do quadril e bioimpedância).

Todos os resultados serão disponibilizados para os participantes e mantidos em sigilo para os demais. As informações vão também orientar a elaboração da Cartilha de Saúde do Servidor, com informações sobre as patologias que estão sendo investigadas, que será distribuída em documento digital.

Os docentes responsáveis pela iniciativa esperam “gerar um ganho socioeconômico e científico, já que este estudo pode vir a embasar políticas de promoção de saúde e prevenção de agravos por parte dos dirigentes da nossa instituição”.

Veja íntegra da apresentação e convite do Estudo COSTTA

Informações: Colegiado de Fisioterapia/Campus I – tel. (71) 3117-2433 ou e-mail jbeck@uneb.br.

Deixe uma resposta