08

nov

Autor: ABRUEM   |   Postado por: Wânia Dias às 16:32 hrs

ABRUEM envia à Capes ofício sobre indefinição de lançamento do edital PIBID 2018

Reprodução do ofício enviado ao presidente da Coordenação de aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Abílio Baeta Neves.

A Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais – ABRUEM, manifesta preocupação diante da previsão de cortes no PLOA/2018, particularmente no que tange ao Programa Institucional de Iniciação à Docência, PIBID, dada a indefinição sobre lançamento de novo Edital para 2018.

Entendemos que a formação dos professores de educação básica será extremamente prejudicada caso seja interrompido o sistema de bolsas a alunos de licenciatura
participantes de projetos de iniciação à docência desenvolvidos por Instituições de Educação Superior em parceria com escolas de educação básica da rede pública de ensino.

Ressaltam-se os importantes resultados do PIBID e PIBID Diversidade como a melhoria da formação inicial do futuro professor, sua contribuição à escola pública nos seus
diversos desafios didático-pedagógicos e de gestão em parceria com as IES e em consonância com o atendimento às metas do Plano Nacional da Educação, PNE, particularmente as Metas 15, 16, 17 e 18.

O Programa PIBID aumentou consideravelmente a qualidade da Educação Básica. A maioria dos jovens descobre a relevância social da carreira docente e compromete-se com o programa, percebe o espaço de autonomia do professor em sala de aula, adota atitudes positivas, inovadoras e criativas, incorpora linguagens e tecnologias da informação e da comunicação no cotidiano da escola e da própria formação.

Desde sua implementação, o PIBID tem impactado positivamente tanto no âmbito do ensino superior, com aumento no ingresso e diminuição da evasão dos cursos de
licenciatura, quanto no âmbito das escolas de educação básica, com melhora na qualidade de educação demonstrada pelo IDEB.

A sua suspensão refletirá diretamente na queda da melhoria do desempenho acadêmico e na crescente participação de trabalhos de bolsistas beneficiados com o Pibid
em eventos acadêmicos e científicos no país e no exterior, bem como resultará na desorganização de um sistema pedagógico de formação estabelecido e efetivo.

Diante do exposto, vimos requerer a continuidade do PIBID e PIBID Diversidade, por meio da prorrogação editais em execução (nº 061 e 066/2013), sem cortes e sem
interrupção para 2018, enquanto se discute uma possível nova formatação ao programa.

Brasília, 3 de novembro de 2017

Reitor Aldo Nelson Bona
Presidente da ABRUEM

Deixe uma resposta