03

jun

Repórter: Núcleo de Jornalismo   |   Postado por: mateusss às 12:20 hrs

UNEB amplia oferta de bolsas de IC para amenizar impactos de corte estadual

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

Os estudantes dos cursos de graduação da UNEB vão poder contar com mais 55 bolsas do Programa de Iniciação Científica (Picin) da universidade para o período 2016 – 2017.

A iniciativa, empreendida da Gestão Universitária, visa amenizar os impactos provocados pela redução da oferta de bolsas dessa modalidade por parte da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), em razão do contingenciamento de despesas e gastos do Governo do Estado.

Para garantia da ampliação de oportunidades, a UNEB vai necessitar realizar a parametrização das bolsas do Picin, que passarão a ter o mesmo valor (R$ 400) das oferecidas pelas diversas agências de fomento nacionais e estadual.

“Para a institucionalização de uma política de pós-graduação, precisamos garantir uma aproximação com a graduação. Esta é a mola propulsora para o fortalecimento da base e para o estímulo à produção científica”, explica a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação (PPG), Tânia Hetkowski.

Ainda de acordo com a gestora, o esforço tem sido promovido para a valorização institucional da pesquisa e para o fortalecimento do estímulo ao trabalho científico na universidade.

Em 2016, os estudantes da UNEB poderão contar com 449 bolsas de iniciação científica (IC), que são ofertadas pela própria instituição (210), pela Fapesb (150) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (89).

Deixe uma resposta