Catálogo

Direito e Insurgência: Experiência da turma Eugênio Lyra

(Cód: )

Autor(es): Celso Antonio Favero; Carlos Eduardo Soares de Freitas; Gilsely Barbara Barreto Santana


Produto Disponível Produto Disponível


35,00

Como Adquirir

SINOPSE

O livro tem caráter comemorativo e militante, celebrativo e de agradecimento. Com ele, comemoramos o sucesso dos estudantes da turma Eugênio Lyra do curso de Direito da UNEB. Os muros e portões da Universidade foram rompidos por movimentos camponeses. O livro relata o processo de conquista dos camponeses nas vagas do curso de direito e como suas origens refletem no caráter singular de sua nova formação: bacharéis em direito com origens simples e voltados para as lutas do campo.

DETALHES DO PRODUTO

  • EDITORA
  • Eduneb e Edufba
  • EDIÇÃO
  • 1
  • ALTURA
  • 21
  • ANO
  • 2017
  • LARGURA
  • 15
  • CATEGORIA
  • Ciências Sociais; Lançamentos
  • IDIOMA
  • Português
  • PÁGINAS
  • 200
  • ISBN
  • 978-85-232-1666-5

SOBRE O(S) AUTOR(ES)

Celso Antonio Favero é Doutor (PhD) em Sociologia pela Université du Quebec à Montréal (Canadá), com Mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (UFBa) e licenciatura em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte. Foi bolsista do CNPq no Mestrado e no Doutorado. Desenvolveu projetos de pesquisa com financiamento do CNPq. É Professor Pleno e Pesquisador no Departamento de Ciências Humanas do Campus I (Salvador), da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), onde ingressou em 1990. É membro do Corpo docente no Mestrado em Politicas Públicas, Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento Regional. Foi professor adjunto na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE -, entre 2002 e 2006. Foi professor no Centro Universitário da Bahia - FIB, em Salvador. É líder do grupo de Pesquisa Territórios, Hegemonias, Periferias e Ausências, da UNEB. Atua como consultor de periódicos brasileiros em Ciências Sociais. É autor de livros e artigos de Sociologia publicados no Brasil e voltados principalmente para temáticas do mundo rural. É membro do ?Núcleo de Cooperação e Ações em Políticas Públicas e Economia Solidária? e da Incubadora de Cooperativas Populares da UNEB, tendo sido membro da coordenação da rede nacional de Incubadoras de Cooperativas Populares. Antes de ingressar na Universidade, entre 1979 e 1990, foi membro da Comissão Pastoral da Terra (CPT) Regional III (Bahia e Sergipe). Foi assessor do Movimento dos Sem Terra (MST) e da CUT/Rural da Bahia.