Catálogo

BAHIA: escravidão, pós-abolição e comunidades quilombolas – Estudos Interdisciplinares

(Cód: )

Autor(es): Maria de Fátima Novaes Pires; Napolitana Pereira Santana; Paulo Henrique Duque Santos


Produto Disponível Produto Disponível


38,00

Como Adquirir

SINOPSE

Bahia: escravidão, pós-abolição e comunidades quilombolas - Estudos interdisciplinares apresenta abordagens de temas relacionados a populações negras (escravizadas e livres) e comunidades quilombolas de diferentes partes da Bahia e do Brasil, em diferentes momentos de nossa história. Resulta do esforço de estudiosos (historiadores, sociólogos e antropólogos) reunidos na VII Semana da Consciência Negra e IV Seminário das Comunidades Quilombolas do Território Velho Chico, em novembro de 2016, na cidade de Bom Jesus da Lapa (BA). A sétima edição do evento enfatizou a importância das lutas antirracistas e a necessária união contra o genocídio dos povos negros e indígenas. Artigos referenciados em pesquisas arquivísticas (arquivos públicos estaduais e municipais) apresentam famílias de escravizados; lutas pela liberdade (alforrias); microeconomia escrava e tráfico interprovincial. Estudos mais contemporâneos tratam de universos políticos, culturais e identitários de populações negras e quilombolas do oeste do estados da Bahia, e ainda da relação entre Brasil-África, com destaque para Angola.

DETALHES DO PRODUTO

  • EDITORA
  • Eduneb e Edufba
  • EDIÇÃO
  • 1
  • ALTURA
  • 23
  • ANO
  • 2018
  • LARGURA
  • 17
  • CATEGORIA
  • Ciências Humanas; Ciências Sociais; Lançamentos
  • IDIOMA
  • Português
  • PÁGINAS
  • 276
  • ISBN
  • 978-85-7887-342-4

SOBRE O(S) AUTOR(ES)

Maria de Fátima Novaes Pires é Professora Associada da Universidade Federal da Bahia (UFBA), curso de História. Área: Teoria da História e História da Historiografia. Pesquisas sobre Teoria da História e História da Historiografia, Escravidão e Pós-Abolição. Integra o Laboratório de Teoria e História da Historiografia da UFBA (LTHH).
Napolitana Pereira Santana é professora da Universidade Federal do Oeste Baiano (UFOB), com mestrado em História Regional e Local pela UNEB, campus de Santo Antônio de Jesus, e doutorado em andamento em História Social pela UFBA.
Paulo Henrique Duque Santos Possui graduação em História pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (1991); mestrado em Memória Social e Documento pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2001); doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (2014). É Professor Assistente da Universidade do Estado da Bahia.