Informações e Orientações – UNEB na luta contra o Coronavírus

NOTA DA REITORIA 14 – 27/05/2021

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica que as atividades administrativas e acadêmicas presenciais se mantêm suspensas por mais 15 dias. Essa é uma deliberação da Administração Central em conjunto com os Diretores de Departamento da instituição, após consultas ao Comitê de Biossegurança (COBIO) e à comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB.

Excetuam-se, desde que sejam respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e os protocolos de biossegurança, aprovados pelo COBIO, e com anuência dos Departamentos, as seguintes atividades:

(1) as atividades acadêmicas de graduação na modalidade internato e de estágio curricular de alunos formandos;

(2) as atividades de pesquisa da pós-graduação executadas em laboratório que tenham protocolos de Biossegurança e planos de trabalho aprovados pelo COBIO;

(3) atividades de manutenção de coleções biológicas (vivas ou com espécimes conservados) e de equipamentos utilizados em pesquisa cuja ausência de manutenção possa comprometer a vida útil;

(4) as ações de segurança física e patrimonial e os serviços de manutenção e limpeza, que poderão ser acionados de maneira escalonada para a preservação do patrimônio da Universidade.

Registra-se também a continuidade dos esforços institucionais, sobretudo junto às representações da Comissão Intergestores Bipartite-BA (CIB), para a viabilização da vacinação de servidores e demais funcionários no seu local de residência, bem como a vacinação de discentes em estágio curricular/internato, nos termos definidos pelas Autoridades de Saúde.

Salvador, 27/05/2021.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 13 – 11/05/2021

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica que as atividades administrativas e acadêmicas presenciais se mantêm suspensas por mais 15 dias, após apreciação das recomendações apresentadas pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portarias 133/2020 e 224/2020).

Excetuam-se, desde que sejam respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e os protocolos de biossegurança, aprovados pelo Comitê de Biossegurança (COBIO), e com anuência dos Departamentos, as seguintes atividades:

(1) as atividades acadêmicas de graduação na modalidade internato e de estágio curricular de alunos formandos;

(2) as atividades de pesquisa da pós-graduação executadas em laboratório que tenham protocolos de Biossegurança e planos de trabalho aprovados pelo COBIO;

(3) atividades de manutenção de coleções biológicas (vivas ou com espécimes conservados) e de equipamentos utilizados em pesquisa cuja ausência de manutenção possa comprometer a vida útil;

(4) as ações de segurança física e patrimonial e os serviços de manutenção e limpeza, que poderão ser acionados de maneira escalonada para a preservação do patrimônio da Universidade.

Registra-se também a continuidade dos esforços institucionais, sobretudo junto às representações da Comissão Intergestores Bipartite-BA (CIB), para a viabilização da vacinação de servidores e de discentes em estágio curricular/internato, nos termos definidos pelas Autoridades de Saúde.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 12 – 03/05/2021

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) vem a público reiterar o seu firme posicionamento em defesa da ampla vacinação de toda a população brasileira, da Saúde, da liberdade de cátedra e da inviolabilidade do direito à vida. Dessa maneira, frente ao acirramento do estado de calamidade pública, provocado pela pandemia da Covid-19, a instituição emitiu nota, no último dia 23/04/2021, deliberando pela suspensão por 15 dias das atividades presenciais na Universidade, com validade até o dia 07/05/2021, excetuando-se, desde que sejam respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e os protocolos de biossegurança: as atividades acadêmicas de graduação – modalidade internato e estágio de formandos da área da Saúde – desenvolvidas nos estabelecimentos, extracampi, desde que este grupo de docentes e discentes esteja adequadamente imunizado contra a Covid-19; as ações de segurança física e patrimonial e os serviços de manutenção e limpeza, que poderão ser acionados de maneira escalonada para a preservação do patrimônio da Universidade.

A tomada de decisão institucional está respaldada pelas recomendações de autoridades sanitárias e pela análise do cenário epidemiológico do Estado da Bahia, realizada pela Comissão constituída com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portarias Nº 133 e Nº 224/2020). No documento, evidencia-se a necessidade, de acordo com a taxa de transmissibilidade e com o alto número de casos da doença, de vidas perdidas e da ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado, de manutenção de medidas que, considerando a responsabilidade institucional e social da UNEB junto à população baiana e brasileira, contribuam para a garantia da segurança e da saúde de todos os segmentos da sua comunidade acadêmica, para a redução da morbimortalidade, para a diminuição da mobilidade municipal e intermunicipal, considerando que a instituição desenvolve atividades em todos os Territórios de Identidade da Bahia, e para a não realização de aglomerações nos seus campi. 

Associada à deliberação da suspensão presencial de modo parcial, a Reitoria tem envidado esforços, de maneira intra e interinstitucional, para a definição de estratégias, consultas sobre a atuação no setor da Saúde, colaborar com o avanço dos Planos Municipais de Imunização e para a garantia da vacinação da comunidade acadêmica, com especial ênfase para professores e estudantes dos cursos da área Saúde que estão ou estarão em campo. Assim, já foram realizadas reuniões, com essas pautas prioritárias, junto à Direção do Departamento de Ciências da Vida (DCV) do Campus I, em Salvador, com a Equipe Central de Gestão Universitária (ECGU), com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) e com Secretarias Municipais.

Registra-se ainda que todos os estudantes e professores desta Universidade que estão em campo, em ações de estágios/internato, atuando em Hospitais Estaduais e nas Redes Municipais de Saúde, já foram vacinados contra a Covid-19. Entretanto, preocupa à UNEB, sobremaneira, as condições para o ingresso de novos discentes e docentes em atividade práticas de campo, mesmo na área de Saúde, sem a adequada imunização contra a Covid-19. Essa apreensão se intensifica com a constatação das maiores taxas de adoecimento e óbito, pela doença, entre jovens no estado. De acordo com a SESAB, 331 mil pessoas dessa faixa etária já contraíram o novo coronavírus na Bahia, e há registro de um aumento de 447% de mortes no comparativo de março deste ano com novembro de 2020, entre pessoas de 20 a 39 anos. Associadas a esses dados, as informações do Boletim do Observatório Fiocruz Covid-19, referente ao período de 4 a 10 de abril, constatou uma alta de 1.081,82% no número de óbitos de jovens entre 20 e 29 anos no Brasil, em comparação ao período de 4 a 10 de janeiro.

Considerando todas essas questões com relevante prudência, está em curso o diálogo junto às representações da Comissão Intergestores Bipartite-BA (CIB) para a viabilização da vacinação prévia desses públicos, garantindo a devida imunização e segurança para que todos os acadêmicos e profissionais/professores colaborem, com qualidade, para o enfrentamento à pandemia e o fortalecimento das ações de Saúde Pública no Estado da Bahia. Em tempo, a UNEB reafirma o seu posicionamento na defesa do encontro de caminhos políticos, diplomáticos, parcerias e mecanismos que ajudem a acelerar o processo de vacinação pelo SUS e salvar vidas. 

Veja nota de esclarecimento sobre procedimentos para vacinação de servidores contra a Covid-19

Veja também comunicado da PGDP para profissionais do Ensino Superior

03 de maio de 2021

Reitoria da Universidade do Estado da Bahia

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 11 – 23/04/2021

COMISSÃO COM A FINALIDADE DE ACOMPANHAR E ORIENTAR AS CONDUTAS INSTITUCIONAIS RELATIVAS À PANDEMIA DA COVID-19, NO ÂMBITO DA UNEB
PORTARIAS Nº 133 E Nº 224/2020

Nota Técnica da Comissão Institucional da UNEB para Combate à Covid-19, de 22/04/2021.

Objetivo: Apresentar a situação atual da pandemia pelo SARS-CoV-2 e as recomendações para o seu enfrentamento pela comunidade acadêmica da UNEB.

A pandemia da Covid-19 segue desafiando as autoridades sanitárias em todo o mundo. Em uma conjuntura de crise, que tem se agudizado em relevante velocidade e intensidade, o estado de calamidade pública no território brasileiro.

Na Bahia, o número de casos confirmados continua em ascensão. O Estado até 22 de abril, acumula um total de 873.832 casos e 17.687 óbitos pela doença. E, a taxa de ocupação de UTI Adulto se mantém em 80%, acima do recomendado (< 70%).

Frente ao exposto, e considerando a responsabilidade institucional e social da UNEB, junto à comunidade acadêmica e população baiana, recomenda-se a manutenção de medidas que contribuam para redução da mobilidade municipal, intermunicipal e de aglomerações nos seus campi e em todo território de atuação da universidade, e garantam a isonomia no acesso à educação.

A Comissão instituída pelas Portarias Nº 133 e Nº 224/2020 recomenda à Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), salvo melhor juízo, que até que seja seguro o retorno, as atividades presenciais se mantenham suspensas. Nenhuma atividade, mesmo as essenciais, deve ser realizada presencialmente nos próximos quinze (15) dias. A exceção deve se configurar apenas para as atividades acadêmicas de graduação – modalidade internato e estágio de formandos da área da saúde – desenvolvidas nos estabelecimentos de Saúde, extracampi, desde que docentes, discentes, técnicos administrativos e toda comunidade universitária estejam adequadamente imunizados contra a Covid-19, e sejam respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e protocolos que orientam as medidas de segurança.

Excepcionalmente, a área de manutenção e limpeza poderá ser acionada, de maneira escalonada, respeitando todos os protocolos de biossegurança, para ações de garantia do patrimônio da Universidade e de segurança física e patrimonial[i], autorizado pelo Diretor do Departamento, no caso do interior, e dialogada com a AGS Regional Salvador, nas atividades do Campus I. Nos ambientes de atuação dos seguranças, deverão ser disponibilizados materiais de limpeza e biossegurança para uso dos profissionais.

Salvador, 22/04/2021.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da COVID-19, no âmbito da UNEB:

Jeane Magnavita da Fonseca Cerqueira – coordenadora
Dayse Lago de Miranda – coordenadora
Paulo José Bastos Barbosa
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) concorda com as indicações da Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB, e delibera conforme recomendado.

Salvador, 23/04/2021.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

[i] Exemplos de situações: promoção da ventilação de espaços como bibliotecas e laboratórios; retirada de mato alto, com risco de habitat para animais peçonhentos; poda de árvores de grande porte, que representem risco ao patrimônio humano e físico da Instituição.

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 10 – 08/04/2021

COMISSÃO COM A FINALIDADE DE ACOMPANHAR E ORIENTAR AS CONDUTAS INSTITUCIONAIS RELATIVAS À PANDEMIA DA COVID-19, NO ÂMBITO DA UNEB
PORTARIAS Nº 133 E Nº 224/2020

Nota Técnica da Comissão Institucional da UNEB para Combate à Covid-19, de 07/04/2021.

Objetivo: Apresentar a situação atual da pandemia pelo SARS-CoV-2 e as recomendações para seu enfrentamento pela comunidade acadêmica da UNEB.

A pandemia da Covid-19 segue desafiando as autoridades sanitárias em todo o mundo. Em uma conjuntura de crise, que tem se agudizado em relevante velocidade e intensidade, o estado de calamidade pública no território brasileiro já produziu mais de 13.100.000 casos da doença e 341,097 mil mortes. Observa-se sucessivos recordes de casos, com média móvel de 63.691 novos casos e de 2.698 óbitos. Nas 24 horas do dia 07 de abril de 2021, o Brasil alcançou a marca de 3.733 novas mortes. Segundo dados do observatório da Fiocruz, de 06 de abril de 2021, na última semana epidemiológica, houve novo aumento da taxa de letalidade, de 3,3% para 4,2%.

O crescente número de casos e de óbitos pela doença indicam o colapso do Sistema de Saúde, tanto para atendimento aos casos de Covid-19, que requerem cuidados mais complexos, quanto para as pessoas que demandam cuidados decorrentes de outros problemas de saúde. Dados do Observatório Fiocruz Covid-19, apontam que dezenove estados, Distrito Federal e vinte uma capitais do país, encontram-se com taxas de ocupação de leitos de UTI, superiores a 90%.

Muitos podem ser os caminhos para a compreensão do cenário vivenciado. Entretanto, sobretudo no Estado da Bahia, devem ser considerados fatores como,  baixo índice de isolamento social, com porção majoritária do estado registrando números abaixo de 50% (de acordo com o Portal InfoVis Bahia – SESAB), as repercussões das aglomerações no período eleitoral e festas de final de ano,  o alto fluxo migratória por ocasião do verão, a flexibilização para o retorno de diversas atividades e serviços, o deficitário e vagaroso processo de vacinação da população e principalmente, o surgimento de novas variantes do vírus SARS-CoV-2, com maior capacidade de produzir infecção e com indicativo de comprometimento parcial da imunidade adquirida por indivíduos.

Segundo dados da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), 100% (417) dos municípios já registraram casos da doença. Até 07 de abril de 2021, foram confirmados 825.015 casos (CI de 5.537,01/100.000 habitantes) e 16. 132 óbitos (coeficiente de letalidade: 1,95%).

Considerando que a Organização Mundial de Saúde (OMS) tem guiado a resposta à pandemia, oferecendo orientações de medidas restritivas e de flexibilização, baseando-se em evidências científicas, apoiadas em dados epidemiológicos, recomenda-se atenção primordial aos critérios básicos abaixo relacionados, paraqualquer medida de flexibilização:

1. Evidência de transmissão controlada (controle da transmissão do vírus e do número de casos).
2. Capacidade do sistema de saúde para detectar, testar, isolar e tratar todos os casos, além de rastrear todos os contatos.
3. Os riscos de novos picos devem estar minimizados em condições especiais, de vulnerabilidade (instalação de saúde, casas de repouso).
4. Adoção de medidas preventivas em postos de trabalhos, instituições de ensino, em serviços essenciais etc.
5. Capacidade para administrar riscos de importação (capacidade de controlar riscos externos).
6. Comunidade educada, engajada e empoderada para se ajustar às novas normas.

Ao analisar o cenário epidemiológico da Bahia, a partir das orientações da OMS e dos indicadores estabelecidos pelo Comitê Científico do Nordeste para avaliar e nortear medidas de intervenção e flexibilização do distanciamento, verificamos a seguinte situação:

1. O número de casos confirmados continua em ascensão, há um decisivo aumento da mobilidade das pessoas e uma aceleração na progressão da epidemia em parte majoritária dos territórios de identidade do estado.

2. O índice de isolamento social se mantém abaixo de 50% ao longo desse período, muito aquém do recomendado (registro de 38,9%, (https://inloco.com.br, consulta em 23 de março de 2021).

3. Nas 24 horas de 07 de abril, foram registrados no estado 3.712 novos casos e 189 óbitos, maior número já registrado, desde o início da pandemia. O Estado já acumula um total de 825.015 casos (CI de 5.53,41/100.000 hab.) e 16.132 óbitos pela doença.

4. Taxa de ocupação de UTI Adulto de 83% (07/04). O recomendado é ter taxa inferior a 70% de ocupação.

5. A Bahia, assim como os demais estados do Nordeste, mantém o Rt acima de 1, indicando que a epidemia ainda continua em vertiginoso crescimento. Destaca-se que novas medidas têm sido adotadas no âmbito estadual para a busca de impacto na taxa de reprodução efetiva, no entanto, isso ainda não tem sido o suficiente para manter esse Rt abaixo de 1, como é recomendado.

Frente ao exposto, e considerando a ausência de uma ação coordenada consistente para enfrentamento da pandemia, no âmbito nacional; a gravidade da situação sanitária; o papel social da Universidade para “produzir e fazer uso do conhecimento para transformação social”, do compromisso com a vida de indivíduos e do coletivo.

Considerando a responsabilidade institucional e social da UNEB, junto à comunidade acadêmica e população baiana, recomenda-se a manutenção de medidas que contribuam para redução da mobilidade municipal, intermunicipal e de aglomerações nos seus campi e em todo território de atuação da universidade, e garantam a isonomia no acesso à educação.

A Comissão instituída pelas Portarias Nº 133 e Nº 224/2020 recomenda à Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), salvo melhor juízo, que até que seja seguro o retorno, as atividades presenciais se mantenham suspensas. Nenhuma atividade, mesmo as essenciais, deve ser realizada presencialmente nos próximos quinze (15) dias. A exceção deve se configurar apenas para as atividades acadêmicas de graduação – modalidade internato e estágio de formandos da área da saúde – desenvolvidas nos estabelecimentos de Saúde, extracampi, desde que docentes, discentes, técnicos administrativos e toda comunidade universitária estejam adequadamente imunizados contra a Covid-19 e sejam respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e protocolos que orientam as medidas de segurança.

Excepcionalmente, a área de manutenção e limpeza poderá ser acionada, de maneira escalonada e respeitando todos os protocolos de biossegurança, para ações de garantia do patrimônio da Universidade e de segurança física e patrimonial[i], autorizado pelo Diretor do Departamento, no caso do interior, e dialogada com a AGS Regional Salvador, nas atividades do Campus I. Nos ambientes de atuação dos seguranças, deverão ser disponibilizados materiais de limpeza e biossegurança para uso dos profissionais.

Salvador, 07/04/2021.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da COVID-19, no âmbito da UNEB:

Jeane Magnavita da Fonseca Cerqueira – coordenadora
Dayse Lago de Miranda – coordenadora
Paulo José Bastos Barbosa
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) concorda com as indicações da Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB, e delibera conforme recomendado.

Salvador, 08/04/2021.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

[i] Exemplos de situações: promoção da ventilação de espaços como bibliotecas e laboratórios; retirada de mato alto, com risco de habitat para animais peçonhentos; poda de árvores de grande porte, que representem risco ao patrimônio humano e físico da Instituição.

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 9 – 05/03/2021

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA – UNEB

COMISSÃO COM A FINALIDADE DE ACOMPANHAR E ORIENTAR AS CONDUTAS INSTITUCIONAIS RELATIVAS À PANDEMIA DA COVID-19, NO ÂMBITO DA UNEB
PORTARIAS Nº 133 E Nº 224/2020

Nota Técnica da Comissão Institucional da UNEB para Combate à Covid-19, de 04/03/2021.

Objetivo: Apresentar a situação atual da pandemia pelo SARS-CoV-2 e as recomendações para seu enfrentamento pela comunidade acadêmica da UNEB

O mundo está lidando com um novo e complexo momento da pandemia da COVID-19, problema de Saúde Pública que já é considerado o mais relevante desde o evento da Gripe Espanhola, ocorrida há cem anos. Em uma conjuntura de crise que tem se agudizado em relevantes velocidade e intensidade, o estado de calamidade pública no território brasileiro tem produzido, nos últimos dias, sucessivos recordes na média móvel de mortes, continuando a ultrapassar a marca de 1 mil mortes por dia.

Muitos podem ser os caminhos para a compreensão do cenário vivenciado. Entretanto, sobretudo no Estado da Bahia, devem ser considerados fatores como: o baixo índice de isolamento social, com porção majoritária do estado registrando números abaixo de 50% (de acordo com o Portal InfoVis Bahia – SESAB), sendo 70-75% a faixa de referência, as aglomerações no período de Eleições Municipais de 2020, as festas de fim de ano, a migração de pessoas no período do Verão, a flexibilização para o retorno de diversas atividades e serviços, o deficitário e vagaroso processo de vacinação da população e novas variantes do vírus SARS-CoV-2, a exemplo da brasileira P.1.

Entre os baianos, 100% (417) dos municípios já registraram casos da doença. Há confirmação de 689.454 pessoas infectadas pela COVID-19 (coeficiente de incidência foi de 4.635,59/100.000 habitantes), com 160.723 casos ainda em investigação. Durante todo o período de pandemia, há apontamento de 12.028 óbitos (coeficiente de letalidade: 1,74%). Essas são informações do Boletim Epidemiológico Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), do dia 2 de março de 2021.

Em escala global, a Organização Mundial de Saúde (OMS) tem guiado a resposta à pandemia, oferecendo às autoridades sanitárias e governantes dos países membros, orientações de medidas restritivas e de flexibilização, baseando-se em evidências científicas, apoiadas em dados epidemiológicos.

Para qualquer medida de flexibilização, recomenda-se que atenção primordial aos seguintes critérios básicos:

1. Evidência de transmissão controlada (controle da transmissão do vírus e do número de casos).
2. Capacidade do sistema de saúde para detectar, testar, isolar e tratar todos os casos, além de rastrear todos os contatos.
3. Os riscos de novos picos devem estar minimizados em condições especiais, de vulnerabilidade (instalação de saúde, casas de repouso).
4. Adoção de medidas preventivas em postos de trabalhos, instituições de ensino, em serviços essenciais etc.
5. Capacidade para administrar riscos de importação (capacidade de controlar riscos externos).
6. Comunidade educada, engajada e empoderada para se ajustar às novas normas.

Assim sendo, para a operacionalização dos respectivos critérios, o Comitê Científico do Nordeste estabeleceu alguns indicadores para analisar e orientar medidas para flexibilização do distanciamento social em seus estados membros, a saber:

1. Tendência decrescente do número e incidência de casos e óbitos por Covid-19.
2. A taxa de ocupação das UTI inferior a 70%.
3. Rt ≤ 1
4. Índice de isolamento/distanciamento social.

Ao analisar a situação da Bahia, a partir desses indicadores, destaca-se:

1. O número de casos confirmados continua em ascensão, há um decisivo aumento da mobilidade das pessoas e uma aceleração na progressão da epidemia em parte majoritária dos territórios de identidade do estado.
2. Nas últimas 24 horas (02/03), foram registrados no estado 3.397 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 114 óbitos. Já são 4.635,59 casos por 100 mil Baianos.
3. Taxa de ocupação de UTI Adulto de 82% (02/03). O recomendado é ter, ao menos, 30% de leitos disponíveis.

Apesar da expansão da oferta de testes, esses resultados ainda são significativamente baixos, sinalizando dificuldade de acesso, sobretudo, a casos assintomáticos.

Ao longo do tempo, a Bahia, assim como os demais estados do Nordeste, mantém o Rt acima de 1, indicando que a epidemia ainda continua em vertiginoso crescimento. Destaca-se que novas medidas têm sido adotadas no âmbito estadual para a busca de impacto na taxa de reprodução efetiva, no entanto, isso ainda não tem sido o suficiente para manter esse Rt abaixo de 1, como é recomendado.

4. Distanciamento social menor do que o esperado e insuficiente para interromper o crescimento da epidemia. Observa-se que, desde o início de 2021, tem se mantido constantemente abaixo de 50% no estado. Segundo dados do Inloco (02/03), esse índice é atualmente de 40,5%.

Assim, considerando o posicionamento do Comitê Científico de Combate ao Coronavírus do Nordeste; a ausência de uma ação coordenada consistente para enfrentamento da pandemia, no âmbito nacional; a gravidade da situação; o papel social da Universidade para “produzir e fazer uso do conhecimento para transformação social”, do compromisso com a vida de indivíduos e do coletivo.

Considerando a responsabilidade institucional e social da UNEB, junto à comunidade acadêmica e população baiana, recomenda-se a manutenção de medidas que contribuam para redução da mobilidade municipal, intermunicipal e aglomerações nos seus campi e em todo território de atuação da universidade, e garantam a isonomia no acesso à educação.

Assim, a Comissão instituída pelas Portarias Nº 133 e Nº 224/2020 recomenda à Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), salvo melhor juízo, que até que seja seguro o retorno, as atividades presenciais se mantenham suspensas. Nenhuma atividade, mesmo as essenciais, deve ser realizada presencialmente nos próximos vinte (20) dias. A exceção deve se configurar apenas para as atividades acadêmicas de graduação – modalidade internato e estágio de formandos da área da Saúde – desenvolvidas nos estabelecimentos de Saúde, extracampi, desde que respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e protocolos que orientam as medidas de segurança para docentes, discentes, técnicos administrativos e toda comunidade universitária. Com mobilização institucional para ampla disponibilização de vacinas para imunização de todos e todas que atuam na linha de frente do enfrentamento à pandemia.

Salvador, 04/03/2020.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da COVID-19, no âmbito da UNEB:

Jeane Magnavita da Fonseca Cerqueira – coordenadora
Dayse Lago de Miranda – coordenadora
Paulo José Bastos Barbosa
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia concorda com a recomendação da Comissão e comunica que não devem ser realizadas atividades, mesmo as essenciais, de modo presencial nos próximos vinte (20) dias. A exceção se configura apenas para as atividades acadêmicas de graduação – modalidade internato e estágio de formandos da área da Saúde – desenvolvidas nos estabelecimentos de Saúde, extracampi, desde que respeitadas e cumpridas rigorosamente as diretrizes e protocolos que orientam as medidas de segurança para docentes, discentes, técnicos administrativos e toda comunidade universitária.

Salvador, 05/03/2021.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 8 – 22/10/2020

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica a continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas presenciais por mais 15 dias, no âmbito da UNEB.

A deliberação ocorre em concordância com as recomendações apresentadas administrativamente pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portarias 133/2020 e 224/2020); e considera também os Documentos Referenciais concernentes às ações acadêmicas e gestão de pessoas e procedimentos administrativos em função do estado de calamidade pública (Resolução CONSU Nº 1.423/2020).

A Reitoria da universidade informa que as atividades administrativas continuam sendo realizadas por TRABALHO REMOTO, e comunica a aprovação do Plano Extraordinário de Oferta de Componentes Curriculares para o Ensino de Graduação, no Conselho Universitário (Consu) da instituição. Essa é uma proposta pedagógica emergencial para realização de atividades não presenciais em situação de distanciamento social, determinado pelas autoridades de Saúde Pública.

Registra-se também que os membros do Comitê de Biossegurança (COBIO) da universidade foram empossados, no dia 21 de outubro. Instância colegiada multidisciplinar, de caráter consultivo e deliberativo, o comitê foi criado pela Reitoria da UNEB frente ao estado de calamidade pública em decorrência da pandemia da Covid-19.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 7 – 22/09/2020

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica a continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas presenciais por mais 15 dias, no âmbito da UNEB.

A deliberação ocorre em concordância com as recomendações apresentadas administrativamente pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portarias 133/2020 e 224/2020), e considera os Documentos Referenciais concernentes às ações acadêmicas e gestão de pessoas e procedimentos administrativos em função do estado de calamidade pública (Resolução CONSU Nº 1.423/2020).

A Reitoria da universidade informa que as atividades administrativas continuam sendo realizadas por TRABALHO REMOTO, e comunica o atingimento da meta de participação de 75% da comunidade unebiana na pesquisa que irá subsidiar o planejamento das atividades acadêmicas no período de pandemia da Covid-19. Agora, a Gestão Universitária aguarda o resultado da consulta, para prover os encaminhamentos necessários.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 6 – 21/08/2020

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica a continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas presenciais por mais 30 dias no âmbito da UNEB.

A deliberação ocorre em concordância com as recomendações apresentadas administrativamente pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portarias 133/2020 e 224/2020), e considera a regulamentação do Plano de Ação para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 (Resolução CONSU Nº 1.406/2020).

A Reitoria da universidade informa que as atividades administrativas continuam sendo realizadas por TRABALHO REMOTO, e comunica que teve início, ontem (20), a pesquisa para subsidiar o planejamento das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão no período de pandemia da Covid-19, e até existirem condições seguras para retorno às atividades presenciais na universidade.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 5 – 20/07/2020

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica a continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas presenciais por mais 30 dias no âmbito da UNEB.

A deliberação ocorre em concordância com as recomendações apresentadas administrativamente pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portarias 133/2020 e 224/2020), e considerando a regulamentação do Plano de Ação para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 (Resolução CONSU Nº 1.406/2020).

A Reitoria da universidade informa também que as atividades administrativas continuam sendo realizadas por TRABALHO REMOTO; que foi constituída uma Comissão com a finalidade de elaborar a proposta de implementação do Comitê Permanente de Biossegurança da UNEB; e que o semestre 2020.1 do cursos de graduação na modalidade à distância (EaD) ofertados pela instituição, através do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), teve início na última semana.

Registra-se ainda que aproximadamente 60 projetos de extensão da instituição seguem com as suas atividades regulares, sobretudo, as de enfrentamento à pandemia; e que a Câmara de Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) aprovou, na última sexta-feira (16), a minuta da Resolução que orienta o desenvolvimento das atividades acadêmicas da Pós-graduação Stricto Sensu na UNEB, frente à COVID-19.

A Reitoria orienta os responsáveis por atividades que entendem a necessidade da retomada das ações presenciais a enviarem a solicitação à comissão institucional para apreciação e emissão de parecer. Este documento segue para o Conselho Universitário (CONSU).

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 4 – 19/06/2020

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia comunica a continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas por mais 30 dias no âmbito da UNEB.

A deliberação ocorre em concordância com as recomendações apresentadas administrativamente pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB (Portaria 133/2020), e considerando a regulamentação do Plano de Ação para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 (Resolução CONSU Nº 1.406/2020). Este documento segue para apreciação do Conselho Universitário (CONSU).

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 3 – 19/05/2020

Considerando que a permanência do cenário pandêmico demanda o emprego contínuo de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à Saúde Pública, a fim de evitar a disseminação da Covid-19, sobretudo mediante conservação de isolamento social como principal instrumento de combate à disseminação da doença;

Considerando que tais medidas contribuíram para a lentificação do surgimento de novos casos, a postergação do pico de contaminação a nível estadual e o consequente achatamento da curva de incidência de infecção pelo novo Coronavírus, o que evitou, até a presente data, o colapso do Sistema de Saúde;

Considerando que, apesar das medidas tomadas, ainda se observa o aumento de novos casos de Covid-19, de acordo com os Boletins Epidemiológicos apresentados pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), sobretudo nos bairros populares de Salvador e nas cidades do interior, particularmente em municípios onde a UNEB tem campus universitário instalado.

Considerando que a UNEB é uma instituição multicampi e multiregional, com alta mobilidade dos membros de seus respectivos segmentos;

Considerando que muitos estudantes retornaram às suas localidades de origem, buscando assim maior proximidade em relação aos seus familiares – medida que também faz reduzir os custos de permanência nas cidades em que estudam –, e não poderão retornar às atividades acadêmicas por conta das restrições de deslocamento em/entre municípios, impostas por força de decretos municipais e estadual;

A Comissão instituída pela portaria 133/2020 recomenda à Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em atenção aos Decretos Nº 19.528, 19.529, 19.549 e 15.586 do Governo do Estado da Bahia, a CONTINUIDADE DA SUSPENSÃO DE TODAS as suas atividades administrativas e acadêmicas presenciais, conforme regulamentado pela Resolução CONSU 1.406/2020, POR MAIS 30 DIAS, a contar da presente data.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB:

Paulo José Bastos Barbosa
Dayse Lago de Miranda
Ana Gabriela Alvares Travassos
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

COMUNICADO

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia concorda com a recomendação da Comissão de continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas por mais 30 dias no âmbito da UNEB, considerando a regulamentação do Plano de Ação para o enfrentamento a pandemia COVID-19 (Resolução CONSU Nº 1.406/2020), e encaminha este documento para apreciação do Conselho Universitário (CONSU).

A reitoria da Universidade comunica TAMBÉM que as atividades administrativas continuam sendo realizadas por TRABALHO REMOTO e que o Conselho Universitário (CONSU), em reunião realizada nos dias 29 e 30/04, aprovou a constituição de duas Comissões Especiais com a finalidade de elaborar Documentos Referenciais para o desenvolvimento das ações institucionais “no Ensino de Graduação e pós-graduação, na Pesquisa, na Extensão, nas ações afirmativas e na assistência estudantil, em função do estado de calamidade pública decorrente da Pandemia COVID-19” e “referentes à gestão de pessoas e aos procedimentos administrativos no âmbito da Universidade do Estado da Bahia, em função do estado de calamidade pública decorrente da Pandemia COVID-19”.

José Bites de Carvalho
Reitor

Marcelo Duarte Dantas de Ávila
Vice-Reitor

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA 2 – 16/04/2020

Considerando que a decretação do estado de pandemia demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à Saúde Pública, a fim de evitar a disseminação da Covid-19, sobretudo mediante conservação de isolamento social como principal instrumento de combate à disseminação da doença;

Considerando que tais medidas contribuíram para a lentificação do surgimento de novos casos e o consequente achatamento da curva de incidência de infecção pelo Coronavírus;

Considerando que, apesar das medidas tomadas, ainda se observa o aumento de casos de Covid-19, sobretudo no interior do Estado, sendo detectadas ocorrências de infecção em todas as macrorregiões da Bahia, e levando em consideração que a distribuição assimétrica de leitos de UTI, com maior concentração na capital, poderá levar ao agravamento da crise, em caso de aumento do número de pacientes nos demais municípios;

Considerando que grande parte dos jovens infectados permanecem assintomáticos, condição que contribui, ainda que de forma involuntária, para o aumento da transmissibilidade da doença entre aqueles que lhe são próximos;

Considerando que a UNEB é uma instituição multicampi e multiregional, com alta mobilidade dos membros de seus respectivos segmentos;

Considerando que muitos estudantes retornaram às suas localidades de origem, buscando assim maior proximidade em relação aos seus familiares – medida que também faz reduzir os custos de permanência nas cidades em que estudam –, e não poderão retornar às atividades acadêmicas por conta das restrições de deslocamento entre municípios, impostas por força de decretos do Estado;

A Comissão instituída pela portaria 133/2020 recomenda à Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em atenção aos Decretos Nº 19.528, 19.529, 19.549 e 15.586 do Governo do Estado da Bahia, a CONTINUIDADE DA SUSPENSÃO DE TODAS as suas atividades administrativas e acadêmicas presenciais, conforme regulamentado pela Resolução CONSU 1.406/2020, POR MAIS 30 DIAS, a contar da presente data.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB:

Paulo José Bastos Barbosa
Dayse Lago de Miranda
Ana Gabriela Alvares Travassos
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia concorda com a recomendação da Comissão e comunica a continuidade da suspensão administrativa e acadêmica, e encaminha este documento para apreciação do Conselho Universitário (CONSU).

A reitoria informa ainda que as atividades administrativas continuam sendo realizadas por TRABALHO REMOTO.

José Bites de Carvalho
Reitor da UNEB

Veja publicação da nota

NOTA DA COMISSÃO 3 – 18/03/2020

Considerando o panorama atual da pandemia de COVID-19 e as especificidades da UNEB, esta Comissão encaminha para providências:

 Suspensão de todas atividades administrativas presenciais, mantendo apenas a presença de servidores efetivos, REDA, ocupantes de cargos comissionados ou colaboradores terceirizados, nos setores imprescindíveis para o funcionamento da Universidade. Caberá à Chefia imediata definir o quantitativo mínimo possível necessário para atender tal condição, sempre priorizando o trabalho na modalidade home office;

 Os estudantes da Residência Multiprofissional em Saúde e os seus professores devem manter as suas atividades, seguindo as recomendações de precauções de contágio específicas para profissionais de saúde, contribuindo assim com o SUS para superar a pandemia de COVID-19 e ajudando a salvar vidas humanas;

 Colações de grau serão permitidas excepcionalmente em caráter individual, sem presença de público externo, nas seguintes circunstâncias:

1. Colação de grau de profissionais da área da saúde;
2. Situações individuais, com comprovação da excepcionalidade;

 Permanecem suspensas as atividades presenciais da Graduação e da Pós-graduação;

 Suspensão do calendário de 2ª convocatórias, validação e matrículas referentes aos processos seletivos Vestibular e Sistema de Seleção Unificada – SISU, para o semestre letivo 2020.1, bem como ajustes presencias de matriculas de estudantes veteranos.

 Estudantes residentes que estejam com sintomas gripais devem buscar avaliação médica nas Unidades Básicas de Saúde da localidade para obterem orientações sobre os procedimentos a serem adotados. Estes devem ficar em sistema de isolamento na Casa de Estudante, devendo ser garantidas as condições para tal;

 Estudantes residentes que não apresentarem sintomas gripais devem regressar imediatamente para os municípios de origem, a fim de ficarem sob os cuidados de seus familiares;

 Os estudantes estrangeiros vinculados ao Convênio de Graduação PEC-G deveram permanecer nas residências, devendo ser garantidas as condições para tal;

 Suspensão, por tempo indeterminado, de atividades coletivas em quadras de esporte, piscina, assim como em feiras, oficinas e outras atividades similares no interior da UNEB;

 Suspender todas as consultas e procedimentos eletivos do SMOS enquanto durarem as medidas restritivas;

 O Colegiado que desejar utilizar Sala Suporte ou outras atividades mediadas por ferramentas online para finalização das atividades avaliativas, a exemplo das provas finais, deve seguir as orientações da UNEAD e PROGRAD.

Caberá a cada gestor operacionalizar estas medidas nos diferentes níveis de gestão da UNEB.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB:

Paulo José Bastos Barbosa
Dayse Lago de Miranda
Ana Gabriela Alvares Travassos
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

De acordo:

José Bites de Carvalho
Reitor da UNEB

Veja publicação da nota

NOTA DA COMISSÃO 2 – 17/03/2020

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em atenção às orientações dos Decretos Nº 19.528 e 19.529, do Governo do Estado da Bahia, e da Secretaria de Saúde e demais órgãos governamentais atuantes no combate ao COVID-19, apresenta à comunidade acadêmica as seguintes orientações:

– As avaliações do final do semestre 2019.2, a exemplo de seminários e provas finais, deverão ocorrer via suporte online, disponível na Universidade;

– Permanecerão suspensas todas as atividades de Pós-Graduação;

– Servidores técnico-administrativos e docentes enquadrados no grupo de risco, classificados segundo orientações internacionais da OMS – acima de 60 anos, hipertensos, diabéticos, que tenham histórico de doenças respiratórias e doenças crônicas, que utilizam medicamentos imunossupressores e grávidas -, com comprovação de relatório médico e em acordo com seu chefe imediato, têm recomendação para desenvolver atividades laborais em home office;

– Os Setores Administrativos deverão cumprir o plano de suas atividades regulares, a critério de suas respectivas chefias, sem prejuízo institucional, podendo estabelecer revezamento entre servidores, garantindo o atendimento à comunidade;

– A reorganização espacial de cada Setor Administrativo deve prever a distância social de, pelo menos, um metro de distância entre os servidores;

– Estão mantidos os processos de matrícula dos cursos de graduação para o semestre 2020.1, confirme edital;

– Estão suspensas as atividades desenvolvidas no Teatro UNEB, Auditórios, Bibliotecas, Laboratórios, Brinquedotecas da UNEB e em demais espaços coletivos;

– Estão suspensos eventos que aglomerem pessoas tais como congressos, palestras, seminários, eventos artísticos e desportivos, atividades de campo, formaturas e colação de grau; 

– A colação de grau poderá ocorrer de forma individualizada;

– Estão suspensas as viagens acadêmicas – estaduais, nacionais e internacionais – de docentes, técnicos e estudantes;

– Estão suspensas as atividades dos programas extensionistas e atividades dirigidas à população com idade acima de 60 anos, tais como o Programa Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI);

– Bancas de atividades da graduação e da pós-graduação podem ser mantidas e devem adotar a utilização de sistemas de videoconferência e outras ferramentas para comunicação em mediação tecnológica, garantindo a participação da presidência da Banca e do Membro Interno do Programa;

– Reuniões presenciais, incluindo as de órgãos colegiados, devem ser evitadas, priorizando-se os encontros por sistemas de videoconferência e outras ferramentas para comunicação em mediação tecnológica;

– Docentes e servidores técnico-administrativos com sintomas de problemas respiratórios (febre, tosse, coriza, dor na garganta, congestão nasal, falta de ar…) devem ficar afastados das suas atividades na universidade;

– Docentes e servidores técnico-administrativos que realizaram viagens nacionais e internacionais não devem frequentar os ambientes universitários. Cabe recolher-se, em domicílio (quarentena), por um período de 14 dias a contar da data do desembarque. Caso apresentem febre e tosse ou falta de ar, devem procurar uma unidade de saúde;

– Enfatiza-se a importância do autocuidado por todo o tempo informado de ocorrência da pandemia do COVID-19.

A UNEB informa estar atenta aos protocolos emitidos pelos órgãos de saúde pública e que estas recomendações sofrerão atualização, embasadas em dados apresentados por autoridades médicas.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB:

Paulo José Bastos Barbosa
Dayse Lago de Miranda
Ana Gabriela Alvares Travassos
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

Veja publicação da nota

NOTA DA REITORIA – 16/03/2020

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), considerando a decisão do Governo do Estado da Bahia de suspensão das atividades nas escolas e universidades localizadas em Salvador, Porto Seguro e Feira de Santana, bem como o caráter multicampi da instituição e os deslocamentos constantes do corpo docente da capital para os departamentos no interior do estado, resolve comunicar o encerramento de todas as atividades letivas presenciais no âmbito da UNEB na data de hoje (16/03/2020). Orientações complementares para nortear o funcionamento da instituição serão publicadas nos próximos dias.

16/03/2020
Reitoria da UNEB

Veja publicação da nota

NOTA DA COMISSÃO 1 – 13/03/2020

Atentos ao que vem orientando as autoridades sanitárias e de saúde do país sobre a pandemia do novo coronavírus, a Administração Central da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) se empenha pela disseminação das informações preventivas, no sentido de evitar o contágio.

As medidas preventivas adotadas são aquelas preconizadas pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), que visam evitar o pânico generalizado, mas, sobretudo, manter a população informada sobre o avanço do vírus e sobre o seu combate.

No cenário atual do novo Coronavírus na Bahia, recomendamos que:

Os alunos com sintomas respiratórios agudos como: tosse, dor de garganta, espirro, coriza, rouquidão, diarreia ou febre, mesmo que leves; ou assintomáticos com familiares e contactantes com sintomas semelhantes, deverão permanecer em suas residências e retornar às atividades somente após 15 dias do início dos sintomas ou após definição diagnóstica do caso;
Indivíduos com piora dos sintomas respiratórios, febre alta e/ou falta de ar deverão procurar unidade de emergência mais próxima para avaliação clínica;
Sejam suspensas as viagens internacionais;
Sejam suspensas as atividades com grande presença de público em lugares fechados e pouco ventilados; onde não é possível manter a distância recomendada de um metro entre as pessoas;

Reforçamos ainda a necessidade de seguir as recomendações dos cuidados gerais para redução da transmissibilidade:

Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, especialmente antes de ingerir alimentos, após utilizar transportes públicos, visitar locais com grande fluxo de pessoas como: mercados, shoppings, cinemas, teatros, aeroportos e rodoviárias. Se não tiver acesso à água e sabão, use álcool em gel a 70%.
Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos e outros utensílios;
Evitar tocar mucosas dos olhos, nariz e boca sem que as mãos não estejam higienizadas;
Proteger a boca e o nariz com um lenço de papel (descarte logo após o uso) ou com o braço (e não as mãos) ao tossir ou espirrar;
Recordar que notas de papel moeda e aparelhos celulares podem ser fontes de contaminação e por isso recomenda-se o cuidado de reforçar a higienização das mãos.

Os chefes de setores, como os da limpeza e manutenção, estão orientados a instruir seus funcionários para que tenham um cuidado especial na limpeza de portas, maçanetas e corrimões, por exemplo. Também a higiene das mesas de trabalho, computadores e cadeiras. Esses equipamentos e móveis são de uso comum!

A UNEB instalou Comissão coordenada pelo professor Dr. Paulo Barbosa, Coordenador do Serviço Médico Odontológico e Social (SMOS) da universidade, e pela professora Dra. Dayse Lago de Miranda, Assessora Chefe da Reitoria. Esse comitê será responsável por toda orientação e tomada de decisão acerca do enfrentamento da pandemia e da sua prevenção, no âmbito da UNEB.

Atualizaremos as recomendações, de acordo com os acontecimentos e casos notificados pelo Estado e Municípios, por meio da página portal.uneb.br/duvidascoronavirus.

Para maiores informações, entrar em contato com o SMOS através do e-mail: duvidascoronavirus@uneb.br.

Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB:

Paulo José Bastos Barbosa
Dayse Lago de Miranda
Ana Gabriela Alvares Travassos
Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira
Venetia Durando Braga
Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
Leandro Santos Coelho de Souza
Daniel de Cerqueira Góes
Danilo Oliveira da Silva

Segue link para maiores informações: portal.anvisa.gov.br/coronavirus/protocolos. Acessado em 13 de março de 2020, às 11:h32.

Veja publicação da nota

———————————————————————————————————–

Qualquer cidadão pode confirmar a veracidade de notícias e imagens recebidas através do site saude.gov.br/fakenews, pelo WhatsApp (61) 99289-4640 ou pelo Disque Saúde 136.

DECRETOS DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA:

Decreto Estadual Nº 19.529

Decreto Estadual Nº 19.528

ANEXO ÚNICO (autodeclaração servidor – grupo de risco)

Decreto Estadual Nº 19.532

Decreto Estadual Nº 19.533

Decreto Estadual Nº 19.549

Decreto Estadual Nº 19.550

Decreto Estadual Nº 19.551

LINKS ÚTEIS:

Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (Ministério da Saúde)

– Página do Ministério da Saúde sobre o novo Coronavírus

Site da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB)

INFORMAÇÕES DA GESTÃO UNIVERSITÁRIA:

– INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA PROGRAD- PPG-PROEX-PGDP 001/2021 – Dispõe sobre as atividades acadêmicas de Ensino de Graduação, Ensino de Pós-graduação, de Pesquisa e de Extensão, de forma remota, a partir do uso de TDIC, em Semestres Especiais

Resolução Nº 1413/2020 (30/03/2020) – Constitui Comissão Especial para elaborar Documento Referencial concernente à gestão de pessoas e procedimentos administrativos em função do estado de calamidade pública decorrente da Pandemia COVID-19 e dá outras providências

– Resolução Nº 1412/2020 (30/03/2020) – Constitui Comissão Especial para elaborar Documento Referencial das ações acadêmicas no estado de calamidade pública decorrente da pandemia de COVID-19 e dá outras
providências

Resolução Nº 1406/2020 (19/03/2020) – Regulamenta o Plano de Ação para o enfrentamento a pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB

Portaria Nº 224/2020 – Recomposição a Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do COVID-19, no âmbito da UNEB

Portaria Nº 133/2020 – Comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia do covid-19, no âmbito da UNEB

 PROGRAD/PROAF/SGC – UNEB divulga suspensão de convocatórias para validação e matrículas

 PGDP/PROAD – Orientações quanto ao funcionamento das atividades administrativas na UNEB

PPG – UNEB divulga recomendações para atividades de pesquisa e ensino de pós-graduação

PPG 2 – Divulga orientações para coordenações dos Programas de Pós-Graduação da UNEB

PPG 3 – Divulga procedimentos para Bancas de Exame – Qualificação e Defesa

PPG 4 – Divulga nota sobre atividades acadêmicas em Programas de Pós-graduação stricto sensu na quarentena

PPG 5 – Divulga nota sobre ano acadêmico 2020 e tirocínio docente

PROEX – Instrução para procedimentos internos de trabalho e orientação às comunidades acadêmica e externa

PROEX 2 – Informa sobre alterações no funcionamento do setor

 PROAF – UNEB divulga nota pública sobre atividades do Programa AFIRMATIVA

PROAF 2 – Informa sobre alterações no funcionamento do setor

UNEAD – Informa sobre alterações no funcionamento do setor

UNEAD 2 – Informa sobre solicitação de Sala Suporte no AVA

UNEAD 3 – UNEAD informa sobre suspensão de Processos Seletivos Simplificados – Editais 026 e 027/2020

UDO – Informa sobre alterações no atendimento aos setores e à comunidade

PRAES – Divulga comunicação às Residências Universitárias da UNEB

PRAES 2 – Comunica ações adotadas para garantia da assistência e da permanência estudantil

UNEB comunica ações adotadas para garantia da assistência e da permanência estudantil

PROPLAN – Informa sobre alterações no atendimento às comunidades acadêmica e externa

ASCOM – UNEB divulga orientações sobre a comunicação institucional

SMOS – Serviço Médico Odontológico e Social da UNEB divulga suspensão do plantão presencial

PGDP/CPS – UNEB comunica suspensão de Processos Seletivos Simplificados

PROGRAD – Divulga recomendações para provas finais e fechamento de cadernetas eletrônicas

PROJUR – Procuradoria Jurídica informa sobre alterações no funcionamento do setor

ASCULT – Informa sobre alterações no funcionamento do setor

CEP – Comitê de Ética em Pesquisa informa sobre alterações no atendimento à comunidade